O Facebook está testando uma versão simplificada da rede social, o Facebook Lite. Desenvolvida para smartphones de entrada com Android ou com desempenho mais acessível, a versão móvel mais 'leve' promete atender os aparelhos de mercados emergentes, e aplica um funcionamento menos exigente do que o app tradicional.

Como responder mensagens no WhatsApp sem desbloquear o celular Android?

facebook-smartphone1 (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)Facebook está testando o Facebook Lite, app mais leve para dispositivos de entrada (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Parece que Mark Zuckerberg, fundador da rede social, está mesmo disposto a investir em novos aplicativos e transformar o Facebook em um app mais amplo. Primeiro foi o Groups, lançado no final do ano passado para organizar os grupos pessoais, agora é a vez do Facebook Lite, que ainda está em testes. A ideia é expandir o uso do software para usuários de aparelhos mais antigos ou com desempenho mais fraco, mas pelo jeito o Brasil vai ficar de fora dessa lista, pelo menos por enquanto.

O recurso começou a ser testado em países da África e Ásia como Bangladesh, Nepal, Nigéria, África do Sul, Sudão, Sri-Lanka e Vietnã, nesta última semana. Tudo aconteceu de maneira bem discreta, sem anúncios oficiais. A nova versão apresenta um design mais simples, mas parece incluir as principais funções disponibilizadas pelo aplicativo “completo” do Facebook, como a opção de curtir, comentar, compartilhar, além de trazer um menu oculto com outras funções.

Facebook Lite tem funcionalidades básicas em app mais leve (Foto: Divulgação/ Facebook)Facebook Lite tem funcionalidades básicas em app mais leve (Foto: Divulgação/ Facebook)

A construção do app é básica e bem simples, eliminando os extras, e utilizando uma APK com cerca de 252 KB, em vez dos pesados 27 MB que o app tradicional pode alcançar. Além disso ele é baseado em Snaptu, mas inclui notificações no estilo “push” e integração com a câmera, para a postagem de

... fotos.

Qual o melhor smartphone para tirar fotos tipo "selfie"? Comente no Fórum do TechTudo

Esses fatores fazem bastante diferença, principalmente nos smartphones de entrada, mais antigos ou que utilizem uma velocidade de Internet mais lenta, por exemplo. Dessa forma, o app fica acessível para mais usuários, sem depender da potência do dispositivo. Sobre a chegada do Facebook Lite no Brasil, a novidade não deve integrar tão cedo os smarts nacionais.

Via TechCrunch e LifeHacker



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.