O Chromecast 2, segunda geração do gadget que transforma TVs comuns em smart, traz vantagens e desvantagens. Isso não só em relação à primeira versão, como também comparando com os concorrentes – especialmente com a Apple TV.
Vale a pena trocar o Chromecast de primeira geração pelo de segunda?
Neste guia, confira os principais aspectos positivos e negativos do aparelho do Google. Avalie as características antes de decidir comprar o dongle ou não. Entre as vantagens estão o design e as melhorias no Wi-Fi, mas também há bugs e pouco espaço interno. 
Chromecast 2, dongle HDMI do Google (Foto: Caio Bersot/Techtudo)
Prós 1) Wi-Fi rápido A segunda geração do Chromecast traz suporte ao Wi-Fi 802.11 ac, mais rápido que os padrões b/g/n, presentes no modelo anterior. O dispositivo agora tem três antenas internas que funcionam separadamente, garantindo melhor desempenho da rede. Além disso, o novo dongle opera nas bandas de 2,4 GHz e 5 GHz. A inclusão da segunda faixa dá mais possibilidades aos usuários, que podem alternar sempre que a frequência de 2,4 GHz estiver congestionada e apresentar lentidão na transmissão de vídeo. 2) Design A mudança visual do Chromecast 2 foi grande. O dongle deixou a aparência de pen drive de lado para ganhar um formato de disco, disponível nas cores preta, limonada e coral. O design mais moderno praticamente não impactou no peso, que passou de 34 g para 39 g. Mas a mudança que mais impactou em termos práticos foi no conector, agora preso a uma haste flexível. O aparelho do Google se...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.