Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Chromecast 2, segunda geração do gadget que transforma TVs comuns em smart, traz vantagens e desvantagens. Isso não só em relação à primeira versão, como também comparando com os concorrentes – especialmente com a Apple TV.

Vale a pena trocar o Chromecast de primeira geração pelo de segunda?

Neste guia, confira os principais aspectos positivos e negativos do aparelho do Google. Avalie as características antes de decidir comprar o dongle ou não. Entre as vantagens estão o design e as melhorias no Wi-Fi, mas também há bugs e pouco espaço interno. 

Chromecast 2, dongle HDMI do Google (Foto: Caio Bersot/Techtudo)Chromecast 2, dongle HDMI do Google (Foto: Caio Bersot/Techtudo)

Prós

1) Wi-Fi rápido

A segunda geração do Chromecast traz suporte ao Wi-Fi 802.11 ac, mais rápido que os padrões b/g/n, presentes no modelo anterior. O dispositivo agora tem três antenas internas que funcionam separadamente, garantindo melhor desempenho da rede.

Além disso, o novo dongle opera nas bandas de 2,4 GHz e 5 GHz. A inclusão da segunda faixa dá mais possibilidades aos usuários, que podem alternar sempre que a frequência de 2,4 GHz estiver congestionada e apresentar lentidão na transmissão de vídeo.

2) Design

A mudança visual do Chromecast 2 foi grande. O dongle deixou a aparência de pen drive de lado para ganhar um formato de disco, disponível nas cores preta, limonada e coral. O design mais moderno praticamente não impactou no peso, que passou de 34 g para 39 g.

Mas a mudança que mais impactou em termos práticos foi no conector, agora preso a uma haste flexível. O aparelho do Google se encaixa mais facilmente às TVs com pouco espaço na porta HDMI, principalmente aquelas que ficam fixas na parede, dispensando adaptadores ou cabos de extensão.

Corpo em disco e conector com haste flexível foram melhorias no design do Chromecast 2 (Foto: Caio Bersot/Techtudo)Corpo em disco e conector com haste flexível foram melhorias no design do Chromecast 2 (Foto: Caio Bersot/Techtudo)

3) Multiplataforma

Uma das grandes vantagens do gadget é o suporte a múltiplas plataformas. Enquanto a Apple TV, principal concorrente, é compatível apenas com os aparelhos da própria marca, o Chromecast 2 funciona no Android, iOS (iPhone), Windows e Mac. Ou seja: a chance de você ter um ou mais aparelhos conectáveis ao dongle é muito maior.

4) Integração com Spotify e Google Photos

Outra nova vantagem com o Chromecast 2 é a integração com Spotify e Google Photos. O suporte ao streaming de música permite reproduzir seu setlist favorito direto na TV, que certamente possui sistema de áudio melhor do que o do celular. Já a inclusão do aplicativo de imagens do Google permite não apenas espelhar as imagens na tela grande, como usar as ferramentas do app sem interromper a transmissão.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

5) Preço e disponibilidade

Chromecast 2 é facilmente encontrado no Brasil, diferente dos concorrentes (Foto: Caio Bersot/TechTudo)Chromecast 2 é facilmente encontrado no Brasil, diferente dos concorrentes (Foto: Caio Bersot/TechTudo)

O Chromecast 2 é facilmente encontrado no Brasil, enquanto concorrentes baratos, como Amazon Fire TV e Roku ainda não foram lançados por aqui. O único rival vendido no mercado nacional é a Apple TV, que é mais cara.

O dongle do Google é encontrado em grandes varejistas com preços a partir de R$ 280. Já a 4ª geração da Apple TV sai por R$ 1.349, em sua versão mais em conta na loja oficial. O modelo anterior, da 3ª geração, pode ser comprado por R$ 480. O valor é bem mais em conta que o da geração atual, mas ainda assim superior ao do Chromecast 2.

Mesmo em relação ao Chromecast original, os preços compensam. A primeira geração está em torno de R$ 200, o que significa que já vale a pena comprar a versão mais atual.

Contras

1) Sem suporte 4K

A proliferação de TVs 4K cria a expectativa do suporte à resolução em media centers, o que não se concretiza no Chromecast 2. O dongle realiza transmissões Full HD (1080p), que garante boa qualidade de imagem, mas não as impressionantes prometidas pela ultra definição. Ainda que a resolução seja a mesma da Apple TV, concorrentes como o Roku já apresentam suporte 4K.

2) Ausência de bateria

O gadget do Google não tem bateria interna. Isso significa que precisa estar conectado à alimentação 100% do tempo para funcionar, o que pode gerar inconvenientes em relação aos fios na traseira da TV.

O que levar em conta na hora de comprar um Chromecast? Comente no Fórum do TechTudo

Chromecast 2 precisa estar sempre conectado à alimentação (Foto: Caio Bersot/Techtudo)Chromecast 2 precisa estar sempre conectado à alimentação (Foto: Caio Bersot/Techtudo)

3) Armazenamento interno

Outra carência do Chromecast 2 diz respeito ao armazenamento interno. São apenas 256 MB, uma redução significativa em relação à geração anterior, com 2 GB de espaço interno. Quando comparado com a Apple TV, que vem em versões de 32 GB e 64 GB, fica fácil perceber o quanto fica para trás.

4) Bug no áudio

O Chromecast traz um bug comum, não solucionado em sua segunda geração: ao mudar de aplicativo, o aparelho deixa de emitir som. O TechTudo já ensinou alguns truques para resolver o problema, mas, ainda assim, é uma falha que requer reparos definitivos pelo Google.

5) Desempenho ruim em redes Wi-Fi baixas

O uso do Chromecast 2 também revela problemas ao operar em redes Wi-Fi com taxas de latência não ideais. Nos testes do TechTudo, o aparelho apresentou dificuldade no carregamento do Netflix em uma rede de 54,1 ms. O desempenho foi satisfatório em uma rede Wi-Fi com latência normal (21 ms), mas ainda é um alerta para quem tem conexões com muita oscilação.

Conclusão

Apesar de ter alguns problemas, o Chromecast 2 é um ótimo gadget para transformar a TV comum em smart TV. Na maior parte das vezes, o media center funciona perfeitamente e cumpre o que promete, entregando qualidade de imagem e som satisfatórias, suporte a várias plataformas e acesso a grande variedade de aplicativos, tudo por um preço acessível.

A Apple TV sem dúvida é uma opção mais completa, mas que cobra seu preço por isso. Em uma análise geral, o dongle vale seus R$ 280 cobrados no mercado, valor impossível de adquirir uma nova TV inteligente ou media centers alternativos no exterior, considerando as taxas de entrega no Brasil.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.