A popularidade do Tinder — que ganhou versões e concorrentes — faz com que o aplicativo de encontros seja cada vez mais alvo de golpes destinados a roubar dados dos usuários. A nova ameaça, detectada pela Symantec, fabricante do Norton Antivirus, consiste em uma série de bots espalhados que tentam convencer os usuários a passar por um processo falso de verificação que inclui o fornecimento de dados de cartão de crédito para identificação, o que também o inscreve para assinaturas de sites de pornografia sem seu consentimento.
Como descobrir se alguém ou seu namorado(a) está usando o Tinder
Tinder sofre com bots e ameaças virtuais a usuários (Foto: Raissa Delphim/TechTudo)
Os perfis no Tinder que atuam como bots geralmente possuem fotos de mulheres bonitas que estão perto do usuário. Ao receber um "match", esse perfis começam conversas normalmente, perguntando se a vítima gostaria de encontrá-las. Em seguida, perguntam se eles possuem um código de verificação no aplicativo, um sistema falso destinado a roubar seus dados. Ao receber uma negativa, encaminham o usuário para um site que possui o logo e fonte semelhantes aos do software para dar a aparência de legalidade. Lá, eles são incentivados a preencher um cadastro com dados pessoais e também informar dados de seus cartões de crédito. A página afirma que estas informações serão usadas apenas para verificação de idade, mas inclui um termo de adesão em letras menores que informa que, ao confirmar o processo, ele receberá um período de acesso gratuito a trê...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.