Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Se o seu sistema Windows está agindo de forma estranha, você deve eliminar qualquer vírus ou localizar e corrigir arquivo de sistema corrompido. Este último pode acontecer por diversos motivos, como uma falta de energia repentina, falha do sistema, erros durante a atualização ou incompatibilidade de versão.

Site simula update sem fim no Windows, evita curiosos e faz pegadinhas

Mas, independente da razão, se você acha que o sistema está lento por isso, veja o tutorial abaixo e aprenda a verificar e corrigir os arquivos corrompidos do Windows usando a ferramenta padrão ou o DISM (Deployment Image Servicing and Management).

O Windows 10 Home oferece as principais funções do sistema (Foto: Luana Marfim/TechTudo) (Foto: O Windows 10 Home oferece as principais funções do sistema (Foto: Luana Marfim/TechTudo))Verifique e corrija arquivos corrompidos do Windows (Foto: Luana Marfim/TechTudo)


Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Passo 1. Clique na caixa de busca do Windows 10 e, dentro dela, digite “PowerShell”. Quando aparecer o resultado, clique com o botão direito do mouse no item “Windows PowerShell”. No menu de contexto, aperte em “Executar como administrador”;

Executando PowerShell no Windows 10 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Executando PowerShell no Windows 10 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 2. Na janela que será exibida, autorize a execução clicando em “Sim” ou fornecendo as credenciais do administrador;

Autorizando a execução do PowerShell no Windows 10 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Autorizando a execução do PowerShell no Windows 10 (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 3. Na janela do PoweShell, digite o comando “sfc /scannow” (sem as aspas) e tecle enter para iniciar a verificação e correção de arquivos corrompidos do Windows;

Iniciando a verificação de erros no disco (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Iniciando a verificação de erros no disco (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 4. Quando terminar, será exibido um resumo sobre o processamento. Se tudo ocorreu normalmente, vai aparecer uma informação dizendo que encontrou arquivos corrompidos e os reparou com êxito;

Resultado da verificação de erros no disco (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Resultado da verificação de erros no disco (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 5. Mas se o comando não conseguir corrigir o problema, será informado que encontrou arquivos corrompidos e foi incapaz de corrigir. Neste caso, será necessário usar a ferramenta DISM, através do comando “Dism /Online /Cleanup-Image /RestoreHealth” (sem as aspas).

Se durante o processo de correção, a barra de progresso ficar presa em 20%, basta esperar por um tempo para que o processo continue;

Usando DISM para verificar e corrigir arquivos corrompidos do Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Usando DISM para verificar e corrigir arquivos corrompidos do Windows (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 6. Se o comando corrigir o problema, tudo estará resolvido. Mas caso o Windows não consiga, use o comando ”Dism /Online /Cleanup-Image /RestoreHealth /Source:wim:X:\sources\install.wim:1″ (sem as aspas).

Lembre-se de substituir o X pela letra da unidade onde está inserida a mídia de instalação do Windows para que possa corrigir o problema usando os arquivos de origem;

Usando DISM para corrigir arquivos corrompidos usando a mídia de instalação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)Usando DISM para corrigir arquivos corrompidos usando a mídia de instalação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito)

Passo 7. No final, para ter certeza de que deu certo, execute novamente o comando “sfc /scannow” (sem as aspas) e tecle enter.

Pronto! As dicas acima conseguem resolver os problemas mais comuns relacionados a arquivos corrompidos do Windows.

Quais placas de vídeo podem ser usadas com Windows 10? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.