O usuário que está precisando economizar na hora de montar um novo PC e está buscando por um monitor usado, precisa ficar de olho em algumas dicas importantes. Muitos consumidores preferem comprar um modelo usado e gastar o dinheiro extra em placas internas da CPU, por exemplo, o que pode valer a pena.
Conheça os monitores com melhor desempenho por menos de R$ 300
No entanto, verificar o estado dos conectores, se há problemas na exibição de imagem e mais detalhes podem fazer toda a diferença na durabilidade do monitor depois que você levar para casa.  Está precisando ficar por dentro do assunto? Então confira oito prós e contras nessas dicas.
Veja algumas dicas para comprar monitores usados (Foto: Divulgação/Dell)
1) Pixels “mortos” na tela
Pixels travados na tela podem ser resolvidos, mas os pixels mortos trazem problemas (Foto: Raquel Freire/TechTudo)
Quando for comprar um monitor usado, vale a pena pedir para o vendedor ligar o aparelho para dar uma olhada se não existem pixels “mortos” na tela. Eles podem aparecer como pontos coloridos, fixos da tela. No caso, é possível que o pixel esteja apenas “travado”, o que pode ser resolvido manualmente ou por software, seguindo este tutorial.
Para fazer um teste rápido, preencha a tela com uma imagem totalmente em preta e observe se está tudo certo no monitor, sem pontos danificados. Caso seja um pixel “morto” de fato, não vale a pena investir para não ter dor de cabeça mais tarde. 2) Funções dos botões Por causa do uso, os botões podem apres...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.