Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A maioria dos celulares no mercado tem um dos dois tipos de bateria: Li-Ion (íon de lítio) ou Li-Po (íon de polímero). De lítio, o primeiro tipo é amplamente encontrado nos smartphones que rodam Android. Já os componentes de Li-Po são encontrados com frequência em dispositivos da Apple, como iPhone (iOS) e iPad

Conheça 5 celulares com bateria para quem passa o dia longe de uma tomada

No entanto, qual dessas duas baterias é a melhor? Além disso, baterias diferentes podem influenciar na duração da carga de cada telefone? Para saber as respostas dessas e outras dúvidas, leia o guia do TechTudo abaixo, que explica o que muda da bateria de Li-Ion para a Li-Po, assim como os componentes podem afetar a energia do seu celular. 

LG G5 tem design modular que permite a expansão de funções do aparelho (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo) (Foto: LG G5 tem design modular que permite a expansão de funções do aparelho (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo))LG G5 (foto) tem bateria removível de Li-Ion (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Entendendo um pouco mais sobre o Lítio

O lítio é o material base para os dois tipos de bateria. Um tipo de metal alcalino, a substância aparece na família 1 da tabela periódica, antes chamada de 1A, que é justamente o grupo dos metais alcalinos.

Dentre esses metais (lítio, sódio, potássio, rubídio, césio e frâncio), o lítio é o mais leve e menos denso – isso, é claro, em condições normais de temperatura e pressão. Ele também tem o melhor potencial eletroquímico, ou seja, para produção de elétrons.

Além disso, o lítio tem uma das melhores relações entre peso e capacidade de armazenamento de energia entre os metais alcalinos. Com isso, o material é bastante usado em baterias. Dos seus diversos usos, mais de 50% é para a fabricação de baterias, sejam elas as Li-Ion ou Li-Po.

Nas baterias atuais, o lítio faz o papel do ânodo, o polo negativo das baterias. Enquanto isso, o cátodo, ou polo positivo, é desempenhado por outros metais (no caso das baterias Li-Ion) ou por polímeros (no caso das baterias Li-Po).

Li-Po: mais leve, flexível e com mais energia

A bateria de Li-Po também usa o lítio em sua composição, no lado negativo do componente. Já a extremidade positiva é feita por diferentes compostos químicos, os polímeros.

Os polímeros são um tipo de material maleável. Assim, as células energéticas de uma bateria Li-Po possuem um formato de uma bolsa, chamadas em inglês de “pouch cell”. Para completar, as células da bateria Li-Po estão envoltas num material flexível e dobrável. Com a configuração, engenheiros conseguem reduzir o peso das baterias Li-Po em pelo menos 20%.

Niivo ZB-1 sem a tampa traseira, com a bateria exposta (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Entenda a diferença entre baterias Li-Po e Li-Ion (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Além de serem mais leves e mais flexíveis do que as baterias Li-Ion, as Li-Po também conseguem guardar mais energia em menos espaço. Com isso, as fabricantes conseguem criar baterias menores e mais finas que as de Li-Ion, mas, ainda assim, com a mesma quantidade de energia de uma bateria Li-Ion. Isso é útil, por exemplo, para fabricar celulares mais finos ou pequenos.

Diferença de preço

As baterias Li-Po são menores, mais leves e armazenam mais energia, mas não são as mais usadas em telefones. Isso pode gerar dúvidas em muitas pessoas, mas a resposta é simples: baterias Li-Po têm custo de fabricação substancialmente mais alto.

Por isso, embora tenham mais vantagens em relação às baterias Li-Ion, as Li-Po não são tão interessantes do ponto de vista financeiro. Afinal, os smartphones poderiam ficar mais caros com a utilização do componente. A maioria dos celulares com Android, com isso, optam por usar as baterias de Li-Ion, até mesmo os top de linha, como o Galaxy S7.

Nova tecnologia promete bateria de alto desempenho (Luciana Maline/TechTudo) (Foto: Nova tecnologia promete bateria de alto desempenho (Luciana Maline/TechTudo))Baterias Li-Po ou Li-Ion não "viciam" (Luciana Maline/TechTudo)

As vantagens apresentadas pelas baterias Li-Po acabam não compensando o custo maior, uma vez que os dois tipos de bateria são recarregáveis, contam com desempenho energético semelhante e têm ciclo de vida parecido. Além disso, baterias de Li-Po e de Li-Ion não ficam "viciadas". Ou seja, você não precisa esperar a bateria chegar até 0% para recarregá-la. É possível fazer isso a qualquer momento, independente da porcentagem indicada na tela.

Usar carregador de outra marca estraga o celular? Descubra no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.