Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Galaxy Note 7, novo celular top de linha da Samsung, tem especificações muito parecidas com as do Galaxy S7 Edge. A similaridade entre os smartphones pode provocar dúvidas sobre qual modelo é a melhor opção. Enquanto o Note 7, que trouxe inovações como o leitor de íris e nova S Pen, chegará ao Brasil pelo preço R$ 4.299, o Galaxy S7 Edge tem basicamente a mesma ficha técnica (inclusive o conjunto de câmeras) e pode ser encontrado por R$ 3.200.

O que mudou do Galaxy Note 5 para o Galaxy Note 7

Ficou na dúvida? O TechTudo analisou as especificações, a relação custo-benefício e os fatores técnicos dos dois telefones da Samsung. 

Galaxy S7 Edge ou Galaxy Note 7: veja qual top de linha da Samsung se sai melhor em comparativo (Foto: Arte/TechTudo)Galaxy S7 Edge ou Galaxy Note 7: veja qual top de linha da Samsung se sai melhor em comparativo (Foto: Arte/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Design

Um olhar mais distraído não vai conseguir diferenciar o Galaxy S7 Edge do Galaxy Note 7: ambos apresentam desenho muito parecido, telas grandes, acabamento que mistura vidro nas superfícies e alumínio nas bordas, além das telas curvas nas duas laterais, e certificação IP68 de resistência à água – eles podem ficar submersos durante 30 minutos e a uma profundidade de 1,5 metro.

Há variações, mas elas são bem sutis: o Note 7 é 0,2 polegadas maior em termos de display, tem espaço para a S-Pen na borda inferior e, na parte dianteira, é possível identificar um perfil de sensores diferentes daqueles presentes no S7 Edge. Além disso, o novo Note tem cores diferentes disponíveis.

Note 7 e S7 Edge são bem parecidos: Note 7 tem cor azul e é um pouco maior e mais pesado (Foto: Divulgação/Samsung)Note 7 e S7 Edge são bem parecidos: Note 7 tem cor azul e é um pouco maior e mais pesado (Foto: Divulgação/Samsung)

O S7 Edge mede 150,9 x 72,6 x 7,7 milímetros, pesando 157 gramas. Já o Note 7 é maior e um pouco mais pesado: 153,5 x 73,9 x 7,9 mm a 169 gramas. Isso mostra que o novo Note é maior em todas as medidas, além de mais pesado.

É difícil distinguir um do outro pelas dimensões, já que, embora seja menor e mais leve, o S7 Edge continua sendo um celular grande e adequado para o tipo de consumidor que prefere telefones de telas maiores. Essa proximidade entre os dois aparelhos em aspecto e tamanho mostra que uma escolha em termos de design vai ser muito difícil, reservando o único grande diferencial para o Note 7 nas cores: enquanto o S7 Edge pode ser encontrado em preto, prata e um dourado leve, o Note 7 oferece, além das cores do rival, um azul metálico inédito na linha S.

Câmera

A câmera do Galaxy S7 Edge foi muito elogiada e bem recebida pela crítica e por consumidores do mundo todo. Por conta disso, faz todo sentido que o Galaxy Note 7 venha com, no mínimo, um sensor fotográfico tão bom quanto aquele usado nas variações do S7. E é exatamente o caso.

S7 Edge e Note 7 tem câmeras iguais nas especificações (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)S7 Edge e Note 7 tem câmeras iguais nas especificações (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Ambas câmeras principais apresentam as mesmas especificações técnicas: sensor de 12 megapixels com distância focal de f/1.7, lente de 26 mm, autofoco com detecção de foco, estabilização ótica de imagens, flash via LED, sensor com 1/2,5 polegadas com os mesmos pixels de 1,4 micron, solução encontrada pela Samsung para compensar a resolução relativamente baixa da câmera. Além de tudo isso, os dois telefones oferecem os recursos de fotografia manual, salvam em RAW e é possível aplicar HDR na produção de imagens.

Testamos o Galaxy Note 7; veja nossas impressões no vídeo.

Outro fator que fortalece a noção de que as câmeras são essencialmente iguais é o fato de que os dois dispositivos da Samsung oferecem a tecnologia Dual-Pixel, que agiliza de forma perceptível o processo de foco automático da câmera, tornando o processo praticamente instantâneo, seja em foto ou vídeo.

Em relação à câmera frontal, há o mesmo equilíbrio: o sensor é de 5 megapixel nos dois celulares, com abertura de f/1,7 e lente de 22 mm.

Especificações

O Note 7 tem vantagens nas especificações principalmente por se tratar de um aparelho mais recente: o grandão da Samsung oferece, além dos mesmos 4 GB de memória RAM e processador do S7 Edge (Exynos 8890 para o Brasil), memória interna de 64 GB, enquanto o S7 Edge tem 32 GB. Há versões previstas de 128 e 256 GB para o Note 7, além de uma edição com 64 GB do S7 Edge, mas todas essas são improváveis no mercado brasileiro.

No entanto, o grande salto em relação à linha S7 está na aplicação da porta USB-C. O Note 7 deve se beneficiar do novo padrão USB, desenvolvido para atingir maior velocidade, ser mais prático para o uso, além de trazer suporte a uma nova série de dispositivos que utilizam o novo padrão.

Note 7 tem pequenas vantagens em termos de especificações: USB-C e tela com HDR Mobile (Foto: Ana Marques/TechTudo)Galaxy Note 7 tem pequenas vantagens em termos de especificações: USB-C e tela com HDR Mobile (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Outro aspecto das configurações dos dois aparelhos que deve ser considerado é que o Note 7 inova por trazer suporte à reprodução do padrão HDR Mobile. Na prática, isso significa que a tela Super AMOLED do lançamento da Samsung é compatível com conteúdo em vídeo que oferece HDR, como alguns filmes e séries na Netflix. De resto, as telas são iguais: 2560 x 1440 pixels de resolução para ambas, ou seja, Quad HD, com bordas curvas. Como o display do S7 Edge é um pouco menor (5,7 contra 5,5 polegadas), há uma densidade de pixels maior no Edge: 534 pixels por polegada contra 518 do Note 7.

Há uma diferença curiosa entre os celulares: o S7 Edge, embora menor, oferece uma bateria de maior capacidade, com 3.600 mAh. O Note 7 tem um componente de 3.500 mAh. A diferença é muito pequena para ser significativa durante o uso.

Funcionalidades

A Samsung costuma usar a linha Note para introduzir grandes novidades em seus celulares. Com o Note 7, a tradição continua: o dispositivo é o primeiro celular da marca a usar um leitor de íris, que lê o padrão único dos olhos do usuário como uma forma de autenticação biométrica. Além dessa tecnologia, o celular traz um leitor de impressão digital no botão Home, também presente no S7 Edge.

Note 7 tem leitor de íris e S-Pen como diferenciais decisivos em relação ao S7 Edge (Foto: Ana Marques/TechTudo)Note 7 tem leitor de íris e S-Pen como diferenciais decisivos em relação ao S7 Edge (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Outra vantagem inegável a favor do Note 7 é a presença da S-Pen, acessório que agrega funções e torna o uso da tela grande do aparelho mais confortável ao usuário. É claro que essa diferença só faz sentido para quem procura um celular com tela grande e se acostuma com o uso da S-Pen: se você tem esse perfil, o Note 7 é uma escolha mais natural, já que a caneta ajuda a aumentar a produtividade e controlar o celular de forma bem confortável.

A funcionalidade Always On Display do Note 7 também foi aprimorada em relação à versão que funciona no S7 Edge. No novo celular, é possível anotar informações na tela desligada com a S-Pen e há a promessa de suporte a apps específicos para a tela que nunca desliga da Samsung.

Veja o vídeo de lançamento dos Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge durante o MWC.

Ambos rodam Android 6.0 Marshmallow, com promessa de atualização para o Android 7.0 Nougat, no entanto o Note 7 também apresenta algumas variações em termos de interface gráfica, com melhorias aplicadas no TouchWiz, o “Android da Samsung”. Apesar disso, seria errado considerar essas diferenças como vantagem decisiva: é questão de tempo que o S7 Edge receba atualização com essas novidades.

Custo-benefício

O Galaxy S7 Edge já tem alguns meses no mercado, fator que somado ao lançamento iminente do Note 7 acaba diminuindo os preços do celular para baixo. É por isso que o custo-benefício do aparelho mais rodado é melhor: ele tem virtualmente o mesmo hardware, câmera e tela do Note 7 por um preço sensivelmente inferior. Apesar de ser vendido no site da Samsung por R$3.999, no Brasil, é possível encontrar o S7 Edge por R$ 3.200.

S7 Edge tem preço bem inferior com configurações e recursos muito parecidos com os do Note 7 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Galaxy S7 Edge tem preço bem inferior com configurações e recursos muito parecidos com os do Note 7 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

O Note 7 tem preço sugerido de R$ 4.299, o mesmo valor praticado no S7 Edge durante o lançamento. São R$ 1.100 a mais para ter acesso a um leitor de íris e à nova S-Pen, diferença muito grande para ter acesso a essas novidades.

Conclusão

O Galaxy Note 7 é mais moderno e tem inovações interessantes, fatores que explicam seus trunfos em especificações e funcionalidades. Já o Galaxy S7 Edge é um top de linha com uma proposta de custo-benefício melhor: é similar ao Note por um preço consideravelmente mais baixo.

Embora em números a vitória seja do Note 7, é fundamental não diminuir o fato de que o S7 Edge é um top de linha de respeito: com processador, memória RAM e câmeras iguais às do Note 7, o dispositivo é ideal para o consumidor em busca de um smartphone com tela grande, mas com orçamento mais reduzido. Além disso, o custo-benefício mais favorável é um trunfo decisivo para o aparelho.

Quem não faz questão das novidades do Note 7 pode escolher o S7 Edge sem medo: o smartphone tem quase o mesmo tamanho de tela, o display é da mesma resolução do que o usado no Note 7.

O que você achou do Galaxy Note 7, novo celular da Samsung? Comente no Fórum do TechTudo.

Tabela comparativa entre o Galaxy S7 Edge e o Galaxy Note 7 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela comparativa entre o Galaxy S7 Edge e o Galaxy Note 7 (Foto: Arte/TechTudo)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.