A partir do dia 12 de setembro, usuários do Google+ não poderão mais utilizar o Hangouts On Air para realizar transmissões de vídeo ao vivo. O recurso será descontinuado e a empresa recomenda que usuários adotem o YouTube Live. A informação, que foi divulgada nas páginas de suporte técnico do YouTube, é mais um capítulo numa série de medidas que limitam o Google+, removendo recursos da plataforma em favor de outros produtos e serviços da companhia. Google esconde perfis do Google+ no site do Gmail e da busca; entenda
YouTube Live substituirá o Hangouts On Air a partir de 12 de setembro (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhoneApesar da migração, à primeira vista, parecer natural e sem maiores comprometimentos, no fundo, o YouTube Live promete uma experiência de uso inferior: recursos disponíveis no Hangouts On Air, como perguntas e respostas ao vivo, showcase e aplausos não serão migrados para o seu substituto. Por conta disso, o Google+ recomenda que os usuários que usam a transmissão ao vivo para interagir com seu público busquem redes sociais para criar engajamento, com perguntas e reações da audiência sendo coletadas através desses canais. O
Hangouts veio para aposentar o WhatsApp? Comente no Fórum do TechTudo.Quem usa o mensageiro Google Hangouts para conversar em vídeo não precisa se preocupar: nesse caso, o recurso continuará operando normalmente. As transmissões realizadas continuarão disponíveis no YouTube – algo que já acontece há algum tempo. O Hangouts On Air surgiu em 2011 como uma forma ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.