O Orkut foi encerrado em 2014, mas é possível baixar alguns dados do histórico da rede social via Google Takeout, como fotos, scraps (recados) e depoimentos. Também é possível ter acesso aos arquivos de mais de 50 milhões de comunidades. Mas o prazo está encerrando e os dados ficarão armazenados nos servidores da gigante de buscas até setembro. Abaixo, saiba quatro coisas que ainda é possível fazer no Orkut.
Hello Network, rede social do criador do Orkut, chega ao Brasil
1. Arquivos de Comunidades As comunidades faziam sucesso no Orkut e muitos usuários sentiram falta quando migraram para outra rede social. Para preservar a história, o Google mantém um arquivo público com mais de 50 milhões de comunidades separadas em ordem alfabética.
Google mantém arquivo com mais de 50 milhões de comunidades (Foto: Reprodução/Google)
2. Excluir posts do arquivo Não é possível comentar ou criar novos tópicos nas comunidades, apenas visualizar o conteúdo. Mas o Google criou uma ferramenta para os que se arrependeram e querem apagar uma memória na rede social.  
Ainda é possível apagar posts em comunidades do Orkut (Foto: Reprodução/Gabriel Ribeiro)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone 3. Denúncia O Orkut, assim como qualquer outro site, não estava livre dos conteúdos impróprios. Por isso, mesmo após o encerra...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.