O Facebook vai mudar a forma como é feito os Trending Topics dentro da rede social. O recurso copiado do Twitter e implementado em 2014 até então precisava de humanos fazendo a curadoria e escrevendo uma breve descrição dos acontecimentos mais relevantes. Agora, Mark Zuckerberg decidiu utilizar apenas algoritmos para fazer a maioria do processo.
Saiba o que acontece depois de excluir perfis de redes sociais e mensageiros A mudança vem após a denúncia de que o Facebook empregava editores — no caso pessoas responsáveis pelos Trends — que discriminavam meios de comunicação conservadores. O novo Trending Topics está em fase de testes e deve chegar a todos os usuários nas próximas semanas – lembrando que no Brasil o recurso está disponível apenas para o aplicativo.
Sai a descrição entra a quantidade de menções (Foto: Divulgação/Facebook)
A principal mudança está na descrição dos trendings — o texto que aparece abaixo do termo destacado. Na versão anterior, os editores escreviam uma breve explicação sobre o que significava cada tópico. Agora, irá aparecer apenas quantos usuários estão mencionando o tópico, sem detalhes.
Site de referência será escolhido por algoritmo (Foto: Divulgação/Facebook)
Na nova versão, além da retirada da descrição, o usuário será levado a um site de refêrencia — como é o Google Trends. Ao clicar em cima de um tópico, irá aparecer um link para uma notícia relacionada ao trending. Algoritmos farão a...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.