Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Um monitor gamer oferece um display que ajuda a jogar no PC com mais conforto. O investimento, no entanto, possui uma série de cuidados para garantir que o produto atenda às suas necessidades na hora de aproveitar um grande lançamento em alta resolução e configurações definidas ao máximo. 

Melhores monitores 4K no Brasil para quem precisa de alto desempenho

Na lista a seguir, conheça os aspectos técnicos principais e de experiência de uso que ajudam a determinar a qualidade de um monitor gamer na hora de jogar. Com isso, saiba o que procurar antes de comprar uma nova tela. 

Taxa de atualização

Monitores gamers contam com taxas de atualização muito altas (Foto: Divulgação/Asus)Monitores gamers contam com taxas de atualização muito altas (Foto: Divulgação/Asus)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

A taxa de atualização mede o ritmo em que o monitor atualiza uma imagem na tela. No caso de um equipamento gamer, é desejável sempre o maior número possível. Se o monitor tem 60 Hz de taxa, significa que é capaz de exibir uma nova imagem 60 vezes por segundo. A velocidade parece grande, mas para jogos o ideal é ter uma margem acima disso, tornando monitores com 144 Hz (atualização de 144 vezes a cada segundo) os modelos mais interessantes.

A frequência alta de atualização é importante porque previne rastros em imagens muito rápidas, típicas em games. Um monitor convencional, de 60 Hz, pode apresentar rastros de imagem em algumas situações.

Outro problema associado ao uso de um monitor com um limite relativamente baixo de frequência é o fato de que os benefícios de ter um computador poderoso, capaz de rodar um jogo a uma taxa extremamente alta, acaba não surtindo efeito. Por exemplo, não adianta o computador ser capaz de rodar Battlefield 3 a 90 quadros por segundo se o monitor só consegue exibir 60 deles.

Os monitores de 144 Hz ficam em uma faixa de preço bem mais elevada. Entretanto, há opções intermediárias, mais baratas, mas que eliminam o risco de sombras na imagem com 75 e 120 Hz.

Tempo de resposta é fundamental

Imagem dramatiza o efeito do tempo de resposta; monitores mais lentos podem apresentar imagens com rastros e borradas (Foto: Divulgação/Asus) (Foto: Imagem dramatiza o efeito do tempo de resposta; monitores mais lentos podem apresentar imagens com rastros e borradas (Foto: Divulgação/Asus))Imagem dramatiza efeito do tempo de resposta; monitores lentos podem apresentar rastros (Foto: Divulgação/Asus)

Metade do problema de rastros é explicado pelo ponto anterior, sobre a velocidade de atualização da tela. Mas o tempo de resposta também pode causar esse defeito. A medida, em um monitor ou televisor, é indicada por milissegundos, da quantidade de tempo que é necessária para que o dispositivo torne um pixel desligado (exibindo a cor preta) em branco.

Essa métrica é importante porque determina a agilidade do monitor nessa tarefa, indicando sempre os produtos com tempo mais curto como de melhor performance. Em geral, o desejável é que o monitor para jogos tenha o menor tempo de resposta possível. Atualmente, essa medida reside na casa do 1 ms.

O baixo tempo de resposta contribui também para que você perceba o jogo como mais ágil, já que suas ações serão exibidas na tela de forma mais rápida, parecendo instantâneas. Essa característica é fundamental em jogos em que a agilidade faz a diferença, como tiro em primeira pessoa, simuladores de corrida e luta.

Tamanho de tela

Use a medida padrão de tela de 27 polegadas para 1 metro de distância a seu favor e a adapte para as suas condições e preferências (Foto: Divulgação/BenQ)Use a medida padrão de 27 polegadas para 1m de distância e a adapte para suas condições (Foto: Divulgação/BenQ)

É normal a tendência de escolher sempre o maior monitor possível, mas a verdade é que você deve levar em conta a distância em que estará da tela quando estiver jogando. Não adianta comprar um monitor enorme, de 27 polegadas, e sentar perto demais da tela. Seus olhos não vão conseguir cobrir toda a área e o seu desempenho na hora de jogar será péssimo. Mas isso não quer dizer que um monitor minúsculo é a solução.

O que você precisa fazer é  calcular a relação de tamanho de tela x distância com cuidado, adaptando a relação de distância recomendada para cálculo de tamanho de tela de TV ideal. A medida padrão de referência é tela de 27 polegadas se você está sentando a um metro de distância. Se mais perto, diminui o tamanho da tela, mais longe, aumenta.

Entretanto, 27 polegadas é um pouco grande e, em termos de produtos gamer, caro. É por isso que os tamanhos menores são mais comuns: 21, 22 e 24 polegadas costumam ser as faixas de tamanho mais convencionais em relação a monitores.

Fique atento na resolução

Existem monitores gamers com resolução superior ao Full HD (Foto: Divulgação/Acer)Existem monitores gamers com resolução superior ao Full HD (Foto: Divulgação/Acer)

Full HD, 2K ou 4K: basicamente, essas são as opções de quem vai investir em um monitor gamer no momento. Cada uma delas deve ser encarada com expectativas diferentes: Full HD é uma ótima pedida se o seu computador não tem fôlego para ir além na hora de reproduzir jogos e também se você não se preocupa muito com a necessidade de fazer um upgrade para uma tela de alta resolução em breve.

A resolução 2K exige computador com placas de vídeo bem mais atuais, com boa performance e grande quantidade de memória RAM. O 4K, no momento, é até um exagero e o PC com uma GTX 1080 vai ter dificuldade em reproduzir jogos pesados nessa resolução. Entretanto, a compra faz sentido para quem está disposto a investir em uma placa de vídeo da próxima geração, em 2017, quando o gameplay em 4K deverá ser realidade para placas top de linha.

Pesquise monitores que não cansam

É comum passar horas jogando, mas longos períodos de tempo em frente ao monitor podem provocar desconforto na visão. Por conta disso, é interessante pesquisar produtos que apliquem alguma tecnologia que diminua o cansaço, mesmo em intervalos prolongados de uso.

Alguns monitores gamers oferecem recursos que diminuem a fadiga visual. Em geral, os fabricantes procuram diminuir os efeitos de cansaço nos olhos a partir de duas frentes: a primeira é aplicando filtros anti flickering. Flickering é o piscar do monitor (se atualiza 144 vezes num segundo, ele efetivamente pisca 144 vezes nesse espaço de tempo).

Não percebemos essa flutuação na luz, mas a exposição prolongada gera cansaço. Os recursos anti-flickering buscam diminuir o efeito dessas oscilações nos olhos.

Procure monitores com modos de jogo

Presença de modos para jogos pode amenizar deficiências de monitores mais simples (Foto: Divulgação/Samsung)Presença de modos para jogos pode amenizar deficiências de monitores mais simples (Foto: Divulgação/Samsung)

O orçamento pode ser apertado para investir pesado em um monitor gamer. Nesse caso, se a opção recai sobre produtos mais convencionais, é interessante pesquisar o dispositivo em questão para descobrir se ele oferece modo de jogo.

Há alguns monitores, e televisores, com essa característica. Nesses casos, ao acionar o modo de jogos o monitor pode mudar um pouco suas especificações, tornando a taxa de atualização da tela mais ágil, por exemplo. A presença de modos de jogo no aparelho pode ser uma saída inteligente para quem não pode bancar um monitor gamer de verdade.

Se for comprar gamer, busque HDR e FreeSync ou G-Sync

Tecnologias de sincronização FreeSync e G-Sync são essenciais em monitores gamer (Foto: Divulgação/AMD)Tecnologias de sincronização FreeSync e G-Sync são essenciais em monitores gamer (Foto: Divulgação/AMD)

HDR é uma sigla que refere-se a uma tecnologia que proporciona contrastes mais ricos e alta qualidade de cor, algo essencial em televisores 4K e monitores para jogos: uma série de títulos recentes possuem suporte a HDR.

FreeSync (para placas de vídeo da AMD) e G-Sync (Nvidia) referem-se a tecnologia de sincronismo entre placa de vídeo e monitor para evitar o tearing na hora de jogar. São tecnologias mais complexas e há pouquíssimos monitores que oferecem as duas: normalmente, escolher entre uma e outra é uma decisão que precisa considerar o fabricante da sua placa de vídeo.

Como usar dois monitores em duas saídas diferentes? Confira no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.