Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Moto Z e o Galaxy Note 7 são dois celulares top de linha que chegarão em breve ao Brasil. Com Android 6.0 Marshmallow, os smartphones têm design metálico, ficha técnica potente e câmeras poderosas, seja para selfies ou não. Enquanto o telefone da Samsung preço de R$ 4.299, o celular da Lenovo ainda não teve valor anunciado para o país.

Na dúvida entre Galaxy Note 7 e iPhone 6S Plus? Conheça as fichas técnicas

Para completar, tanto um quanto o outro contam com acessórios interessantes, como a caneta S Pen, do Galaxy Note 7, e os Moto Snaps, capas que adicionam funções especiais ao Moto Z. Com muitas especificações em comum, os celulares também têm diferenciais que podem fazer valer a pena comprar um ou outro. Confira o comparativo do TechTudo para decidir qual top de linha combina mais com você.

Moto Z ou Galaxy Note 7: descubra qual celular tem melhor ficha técnica (Foto: Arte/TechTudo)Moto Z ou Galaxy Note 7: descubra qual celular tem melhor ficha técnica (Foto: Arte/TechTudo)

Download do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Design

O Moto Z não só assumiu o posto do Moto X, mas veio com a promessa de renovar os tops de linha da Motorola(empresa da Lenovo) . Para isso, o celular substituiu o corpo de plástico pelo design metálico, marcado na parte traseira pelos conectores dos Moto Snaps e pela estrutura grande da câmera. Já o Galaxy Note 7 aproveitou boa parte do design do Galaxy S7 Edge, a começar pela tela curva e a armação de metal e vidro na parte frontal e traseira.

Veja mais detalhes do Galaxy Note 7 no vídeo abaixo

A Lenovo resolveu radicalizar nas medidas. O Moto Z tem um corpo muito fino, com 5,2 mm, contra 7,9 mm do rival. Proporção parecida é observada no peso, com 136 gramas do Moto Z, contra 169 g do Galaxy. No entanto, o Note 7 tem a vantagem da proteção IP68 contra poeira e mergulhos de até 1,5 metro por 30 minutos.

Tela

Quanto à tela, os dois smartphones são parecidos. O Moto Z tem display Amoled de 5,5 polegadas com resolução QHD (1440 x 2560 pixels), gerando uma densidade de 535 ppi. Já a tela Amoled do Galaxy Note 7 tem a mesma resolução, mas é um pouco maior, com 5,7" e densidade de 518 ppi. Tanto um quanto o outro têm proteção Gorilla Glass, contra arranhões e rachaduras na tela. 

Moto Z possui tela de 5,5 polegadas com resolução QHD (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)Moto Z possui tela de 5,5 polegadas com resolução QHD (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)

Com esses números, é bastante improvável que o usuário venha a notar grande diferença entre os modelos. Os dois oferecem ótima qualidade para filmes, jogos e leitura, além de notificações sempre ativas, com Always On (Samsung) e Moto Display (Lenovo). O Galaxy Note 7, contudo, traz ainda suporte à anotação em tela, com a S Pen. 

Desempenho

O Moto Z conta com processador quad-core Snapdragon 820 de 1,8 GHz, que gerou polêmica por ter uma frequência inferior à de 2,2 GHz da versão americana, conforme revelou o TechTudo. Além disso, o telefone tem memória RAM de 4 GB e armazenamento interno de 64 GB, expansível via microSD para até 2 TB. 

Já o Galaxy Note 7 chega com o processador Exynos 8890, com quatro núcleos de 2,3 GHz e quatro de 1,6 GHz, além de memória RAM de 4 GB e armazenamento de 64 GB, com  além dos 4 GB de RAM e 64 GB de memória interna, com entrada para mais 256 GB. Esse é um hardware que tende a superar o do Moto Z, mas nada que deixe o telefone da Lenovo em grande desvantagem.

Galaxy Note 7 possui processador Exynos octa-core e 4 GB de RAM (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Galaxy Note 7 possui processador Exynos octa-core e 4 GB de RAM (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

Comprar o Moto G 4 Plus ou esperar o Moto Z? Comente no Fórum do TechTudo.

Os telefones trazem ainda conexão 4G, Wi-Fi, Bluetooth e NFC, além de leitores de digitais para desbloqueio e uso em apps e serviços de pagamento móvel. O Galaxy Note 7 conta ainda com um leitor de íris, capaz de fazer a identificação visual do usuário em pouco tempo.

Para quem tem costume de reaproveitar cabos e acessórios, é bom saber que os telefones têm a entrada USB-C, padrão é reversível, mais rápido e fácil de usar, só que não é compatível com cabos tradicionais. O Moto Z tem ainda um outro ponto controverso: a ausência do conector de 3,5 mm para fones de ouvidos, o que exige adaptadores ou acessórios sem fio.

Sistema operacional e funcionalidades

Os dois smartphones chegam de fábrica com o Android 6.0 Marshmallow e não devem demorar para receber o Android 7.0 Nougat, recém-lançado pelo Google. No entanto, enquanto a Lenovo prefere usar um sistema sem muitas alterações e poucos apps de fábrica, a Samsung escolhe modificar bastante, com a interface TouchWiz e a inclusão de funções extras, o que pode impactar no tempo de liberação de updates do Android. 

Falando em funções, o Moto Z tem como atrativo os Moto Snaps, capinhas conectadas magneticamente nos pinos traseiros do telefone, adicionando melhorias de som, projetor e bateria extra. Já o Galaxy Note 7 traz a elogiada caneta S Pen para anotações com a tela ligada ou desligada, recorte de imagens e outras funções inteligentes. O modelo suporta ainda o uso do Samsung Pay, serviço de pagamentos por aproximação disponível no Brasil.

Câmera

O Moto Z tem câmera traseira de 13 MP com abertura de f/1.8, flash LED duplo, estabilização óptica, para vídeos e fotos menos tremidos e foco a laser para maior precisão. Enquanto isso, o Note 7 tem câmera de 12 MP com abertura de f/1.7, flash LED simples e estabilização OIS. Os dois aparelhos gravam em 4K (2160p), mas o Galaxy faz vídeos em câmera lenta a 240 fps (quadros por segundo), o que gera resultados mais suaves.

Moto Z Force tem câmera traseira de 13 megapixels com foco a laser (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)Moto Z Force tem câmera traseira de 13 megapixels com foco a laser (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)

Sobre a câmera frontal, tanto um quanto o outro trazem 5 MP de resolução e intercalam vantagens. O Moto Z se destaca flash LED, embora tenha abertura menor que o rival (f/2.2 do Moto Z, contra f/1.7 do concorrente). O novo celular da Samsung, além de captar mais luz, traz um filtro auto HDR para melhorar os contrastes das imagens. Os smartphones fazem vídeos em alta resolução para chamadas e apps.

Bateria

A pouca espessura do Moto Z vem com um custo para o usuário: o telefone apresenta uma bateria de apenas 2.600 mAh de capacidade, que é pequena em comparação aos 3.500 mAh do Note 7. Os modelos trazem sistema de carregamento rápido, capaz de diminuir o tempo necessário conectado à tomada.

Nesse quesito, o Galaxy Note 7 tem outras vantagens, como suporte ao carregamento sem fio e um modo poderoso de economia de bateria, que corta algumas funções e conexões para garantir horas de uso a mais.

Preço e disponibilidade

O Moto Z foi apresentado em junho e deve chegar ao Brasil nas próximas semanas, segundo a Lenovo. A empresa ainda faz mistério quanto ao preço do aparelho, mas é provável que o modelo chegue com valores acima dos atuais Moto X, que podem ficar mais baratos. Enquanto o lançamento não acontece, confira o teste do TechTudo com o Moto Z.

Galaxy Note 7 chegará ao Brasil por preço sugerido de R$ 4.299 (Foto: Reprodução/Elson de Souza)Galaxy Note 7 chegará ao Brasil por preço sugerido de R$ 4.299 (Foto: Reprodução/Elson de Souza)

O preço do Galaxy Note 7 não é um mistério, custando R$ 4.299. O aparelho deveria ter entrado em pré-venda no dia 22 de agosto, mas a Samsung parece ter adiado o início das vendas no país. Para conferir mais detalhes sobre as novidades do modelo, leia também o teste com o Galaxy Note 7.

Conclusão

Samsung e Motorola são populares no Brasil, e a expectativa para os lançamentos é fácil de entender, pois os dois têm ficha técnica e extras úteis. No entanto, o Galaxy Note 7 deve ser uma escolha para quem busca mais segurança. Afinal, houve uma boa adição de recursos como o leitor de íris e funções na S Pen, sem retirar nada que vá comprometer a experiência do usuário.

Já o Moto Z é uma boa aposta para quem busca novas tendências. A começar pelos Moto Snaps, que transforma o aparelho em até um projetor, embora seja necessário comprá-los separadamente. Outra novidade, menos aceita pelo público, é a retirada da entrada de fones de ouvido, o que só deve agradar quem já está disposto a migrar para um headphone Bluetooth ou USB-C.

Se você está disposto a aguardar por mais novidades, a Apple vai lançar o iPhone 7 em setembro, assim como novos celulares devem ser anunciados durante a IFA 2016, em Berlim. Caso não queira mais esperar, vale a pena conferir opções de compra como Galaxy S7 Edge, Moto X Force, iPhone 6S e iPhone SE.

Tabela comparativa entre Moto Z e Galaxy Note 7 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela comparativa entre Moto Z e Galaxy Note 7 (Foto: Arte/TechTudo)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.