Dados revelados na web recentemente indicam que um ataque ao Dropbox, ocorrido em 2012, foi o responsável pelo furto das credenciais de acesso de mais de 68 milhões de contas diferentes. A revelação aconteceu na mesma semana em que a plataforma redefiniu as senhas de seus usuários, mas não se sabe quantos foram afetados. O serviço confirmou o vazamento, mas negou que as informações — de tantas contas — tenham sido usadas para acessar a nuvem.Bagunça no Dropbox? Nova função faz você encontrar arquivos mais rápido
Senhas do Dropbox teriam sido furtadas em ataque de 2012 (Foto: Reprodução/Dropbox)
Download grátis do app do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhoneSegundo o Motherboard, o conjunto de dados contém detalhes sobre cerca de 68 milhões de contas e possui cerca de 5GB. A legitimidade dos dados foi confirmada por fontes internas do Dropbox, não reveladas pelo site. As senhas estão protegidas por criptografia e "salgadas", uma técnica que adiciona um caractere aleatório no processo para aumentar a proteção. Cerca de 36 milhões de senhas foram criptografadas com o algoritmo SHA-1, que está sendo substituída por versões mais seguras e atuais em vários softwares. As outras foram criadas usando o bcrypt, que são mais difíceis de serem quebradas. Desde a época do vazamento, o Dropbox já mudou suas práticas de armazenamento, reforçando a segurança. A plataforma já havia pedido que seus usuários redefinissem suas senhas, al...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.