O Walkman, da Sony, está vivo e cada vez melhor. E mais caro. A versão dourada do player de alta fidelidade, lançada na IFA 2016, custa US$ 3.200 (cerca de R$ 10.400), e traz melhorias (sim, é possível) no já incrível som da versão lançada na CES 2015, o Walkman NW-ZX2. 
IFA 2016: conheça todas as novidades na cobertura completa no TechTudo
O público do Walkman alta fidelidade (Hi-Fi) é pequeno, mas fiel e exigente. Por isso, a Sony adotou o corpo de cobre revestido de ouro para reduzir interferências magnéticas, já que o player tem circuitos digitais e analógicos em seu interior. 
Walkman de ouro da Sony tem qualidade Hi-Fi (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
Outras melhorias no software e na parte digital também foram feitas, mas a Sony não revelou muitas informações sobre isso. No design, a pegada ficou mais suave (o player é muito pesado para seu tamanho) e a entrada para fones saiu da parte de baixo para o topo. Além disso, agora há duas entradas.
Design do novo modelo ficou mais suave (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)
O Walkman trabalha com arquivos grandes, como WAV, FLAC, AIFF, ALAC, além dos tradicionais MP3 e WMA. Para formatos de arquivos comprimidos e de baixa qualidade, como o MP3 e via streaming, o aparelho ainda conta com uma tecnologia que melhora a qualidade do som.
Walkman de ouro da Sony ao lado de seu modelo "normal" (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo)
No  teste, há um conversor e fones de...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.