Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A Samsung e a LG, ambas sul-coreanas, disputam a preferência dos usuários no mercado de Smart TVs. No Brasil, ambas apresentam linhas de aparelhos bem completas, que apresentam dispositivos com preço acessível e menor nível de recursos, além de televisores com altíssima resolução, qualidade de som e imagem e tecnologia embarcada.

Android TV, webOS ou Tizen: veja diferenças entre sistemas das Smart TVs

No comparativo abaixo, fiquei por dentro de uma análise que opõe os catálogos atuais de Smart TVs da Samsung e da LG para saber quem oferece as melhores opções do momento.

Nova TV OLED 4K LG traz imagens impressionantes, mas tem visual discreto (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Samsung ou LG? Descubra qual fabricante oferece a melhor Smart TV (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Design: empate

Em relação ao design, as duas marcas são bem servidas no Brasil. A Samsung tem uma grande variedade de modelos, oferece TVs com tela curva e plana e com dimensões de 32 até 88 polegadas. A LG tem basicamente a mesma oferta em termos de tamanho de tela, mas com diferenças pontuais.

Ao contrário da Samsung, a marca conta com modelos de 42 e 43 polegadas, faixa bastante interessante para consumidores que investem em um aparelho para usar na sala da casa. Assim como a fabricante dos smartphones Galaxy, a LG conta com modelos com tela curva.

Se  a Samsung conta com oferta de Smart TVs de tela curva no Brasil, a LG, por outro lado, ainda aposta em 3D. Atualmente, o catálogo da marca no país apresenta três modelos diferentes compatíveis com conteúdo tridimensional.

SMART TV Samsung com 78 polegadas ocupa espaço mas pode ser vista de perto na sala (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)Samsung conta com ofertas de Smart TVs de tela curva no Brasil (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Em virtude desse equilíbrio de características gerais, o empate acaba sendo um resultado justo: TVs maiores e com tela curva são pontos fortes da linha da Samsung. Ao mesmo tempo, aparelhos de tamanho intermediário e com suporte a 3D, algo que vem caindo em desuso ainda atrai consumidores. 

Sistema operacional: Samsung

A Samsung e a LG apostam em sistemas operacionais diferentes, ambos desenvolvidos internamente pelas companhias. Enquanto a Samsung usa o Tizen, a concorrente oferece o webOS.

O webOS da LG tem vantagem nessa comparação porque é tido como uma referência quando o assunto é sistema operacional de TVs. A interface continua muito elogiada na versão atual, 3.0, e alguns recursos, como espelhamento de tela nativo de smartphones Android, possibilidade de usar a TV para ouvir música desligando a tela e zoom em imagens para ver o que acontece no fundo de uma cena fazem a diferença.

Além disso, a LG costuma oferecer conteúdo gratuito para seus consumidores a partir da loja do webOS: há filmes e séries, além de apps na plataforma.

Navegação na Internet, com o sistema operacional da LG, fica mais intuitiva (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Sistema webOS da LG oferece conteúdo gratuito com filmes e séries (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O Tizen, da Samsung, vem melhorando com o tempo e já não é tão inferior. A interface melhorou, a fabricante também passou a contar com oferta de conteúdo (em especial para compradores de TVs 4K) e também há uma série de recursos de distribuição do sinal de TV entre aparelhos da marca.

Com um Galaxy compatível, você pode continuar assistindo o programa que passa na TV no celular, por exemplo. O sistema permite a customização de ícones na tela e a versão mais recente do sistema tem um recurso que permite acessar a Netflix como uma simples mudança de canal: nada de carregar o aplicativo em uma tela separada.

O trunfo da Samsung na comparação está na oferta de jogos recentes por meio de um sistema de streaming de games: para jogar, um game como PES 2015 ou Grid 2, por exemplo, o usuário não precisa de um console ou PC. Usando a conexão com a Internet é possível fazer streaming desse conteúdo direto no aparelho. Mas, no geral, do ponto de vista de usabilidade, nenhum dos dois decepciona.

Imagem e som: LG

Samsung TV com sistema Tizen (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)Samsung se restringe ao suporte do HDR10 (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

Qualidade de som e imagem são um empate porque ambos os fabricantes estão se mantendo atualizados em relação às novas tecnologias de TVs. Tanto LG como Samsung lançaram novos televisores no Brasil com telas que usam a tecnologia dos pontos quânticos para melhorar a reprodução de cor em altas resoluções.

A LG conta com boa reprodução de som em uma série de televisores com o Ultra Surround da marca, há modelos 4K nas duas linhas com suporte a HDR e ambos os fabricantes oferecem TVs com telas de LED, para modelos de preço e tamanho mais intermediário, e OLED em televisores top de linha.

A vitória nesse tópico vai para a LG por conta de uma vantagem interessante. A marca oferece suporte a HDR10 e Dolby Vision em alguns de seus televisores 4K: isso torna os aparelhos da marca compatíveis com qualquer conteúdo que use tecnologia HDR. A Samsung, entretanto, se restringe ao suporte do HDR10 atualmente.

Para quem compra uma TV 4K, o suporte aos dois padrões pode ser muito vantajoso porque garante que as cores mais vivas e contrastes mais intensos proporcionados pelo HDR serão aplicados na imagem, não importa a origem do conteúdo.

Disponibilidade e preço no Brasil: LG

Samsung e LG têm boa presença no Brasil, o que significa que seus produtos são fáceis de encontrar. Mas como fica o preço? Para ter uma ideia disso, comparamos TVs de entrada, intermediárias e tops de linha da marca, todas com nível de recursos e tamanhos semelhantes, para ter uma ideia de quem tem melhores preços.

Para começar, nas 32 polegadas, a Samsung oferece a J4300 com Wi-Fi integrado e tela de resolução HD por preços que giram na casa dos R$ 1.300. A LG conta com a 32LH570B, televisor do mesmo tamanho e resolução e com Wi-Fi integrado por um pouco menos de R$1.280. Um ponto a mais para a LG. 

Nas intermediárias, escolhemos a Samsung J5500 de 40 polegadas. O televisor é de resolução Full HD, tem Wi-Fi integrado e conta com o suporte ao streaming de games via Tizen OS, sem a necessidade de um console. O preço médio é de R$ 1.900. A LG 40LF6350 tem as mesmas 40 polegadas e resolução, Wi-Fi e webOS 2.0 com oferta de conteúdos exclusivos, mas sai por R$ 1.700. Dois a zero para a LG.

smart tv lg (Foto: Leonardo Ávila/TechTudo)LG sai ganhando quando feita comparação de preços (Foto: Leonardo Ávila/TechTudo)

Nas top de linha, a medida é de 55 polegadas e resolução 4K. A JS9000 da Samsung tem tela de nanocristais e design de tela curva, sendo encontrada no varejo por R$ 5.700. Pelo lado da LG, a UH8500 tem como destaque tela de pontos quânticos e suporte a HDR10 e Dolby Vision (exclusividade da marca no país) e sai por R$ 6.000 no preço mais acessível. Assim, vitória da Samsung. Placar final: 2 a 1 a favor da LG.  

Garantia e assistência técnica: LG

As duas fabricantes oferecem garantia padrão contra defeitos de fabricação pelo período de 12 meses. Em termos de pós-venda, Samsung e LG podem oferecer atendimento residencial para diagnóstico de problemas em televisores (especialmente de telas maiores e difíceis de transportar a uma assistência), com eventuais serviços de reparos realizados na casa do cliente.

Mas se a garantia, cobertura de assistências técnicas e o serviço são similares, o que pode desempatar o critério? Ao observar o histórico das fabricantes no Reclame Aqui, os clientes da Samsung têm ficado mais insatisfeitos com a marca no geral, que tem um índice de 96,4% de reclamações atendidas contra 99,1% da LG. O resultado é que a reputação da Samsung na plataforma é considerada como “Não recomendada”, enquanto que a LG tem selo de “Bom”.

Controle Remoto de Smart TV Samsung com 78 polegadas e tela curva 4K (Ultra HD) (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)Ao observar o Reclame Aqui, Samsung perde em reputação (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

Conclusão: LG

A LG venceu três pontos: garantia e assistência, disponibilidade e preço e qualidade de som e imagem, impulsionada em grande parte pelo suporte a HDR10 e Dolby Vision. A Samsung venceu em sistema operacional, graças ao serviço de streaming de games embutido em alguns de seus aparelhos. Ambas empataram em design.

Embora o placar em 3 a 1 possa parecer muito decisivo para a LG, vale consultar cada um desses tópicos e verificar que as vitórias foram apertadas. A garantia e assistência técnica de ambas as marcas, por exemplo, são muito boas, mas a LG tem uma reputação um pouco melhor no Reclame Aqui.

A disponibilidade de Smart TVs das duas companhias é grande no Brasil, mas nas três faixas de preço em que comparamos aparelhos a LG mostrou um custo-benefício melhor em dois televisores e a Samsung em um.

Qual Smart TV comprar? Consumidores dão dicas de modelos no Fórum do TechTudo

Em relação a qualidade de imagem e som, a Samsung não faz feio por não ter o Dolby Vision em suas TVs, já que suporta o padrão HDR10, dispõe de aparelhos com telas OLED, com pontos quânticos e nanocristais e bastante tecnologia.

Isso significa que o consumidor não deve se sentir desmotivado por uma compra da Samsung apenas por essas diferenças em qualidade. A melhor política na compra de uma Smart TV é ter ciência de suas necessidades. Não adianta gastar uma pequena fortuna para um super televisor 4K com HDR10 e Dolby Vision se tudo o que você precisa é uma TV que acesse a Internet no quarto para jogar eventualmente.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.