O Zenfone 3 mudou. E muito. O smartphone símbolo da taiwanesa Asus apareceu na IFA 2016, em Berlim, e confirmou as expectativas: ele é ainda melhor que o Zenfone 2. E conseguiu não subir (muito) seu preço, continuando relativamente “barato”, mas com especificações de top. 
Saiba todas as novidades da IFA 2106
Aliás, os Zenfones nunca chegam sozinhos. E a agora a família é composta pelo Zenfone 3 Laser, com o sistema especial de foco rápido para fotografias; o Zenfone 3 Max, com uma enorme bateria, de 4.100 mAh (contra 3.000 mAh do Zenfone 3 regular); o Zenfone 3 Deluxe, com 6GB de RAM, camera de 23MP, acabamento premium, sem antenas e todo em metal, e o Zenfone 3 Ultra, com tela de 6.8 polegadas. Claro, existem outras pequenas diferenças nas especificações entre os modelos, mas, basicamente, eles são bem similares. 
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
A base de toda a família ainda é o Zenfone 3. No primeiro contato com o smartphone, já dá para perceber a evolução: com o corpo em metal, a Asus decreta o fim dos aparelhos em plástico. Visualmente, o Zenfone 3 é um misto de iPhone, no geral, e Galaxy S7, com a câmera saltada na mesma posição do top da Samsung. 
Zenfone 3 Laser tem sistema de foco rápido para tirar fotos. (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)
Mas, por algum motivo, o Zenfone não é escorregadio como o Galaxy nem delicado como o iPhone. Ele gruda na mão e oferece excelente pegada. O vidro na parte de trás não chega a ser um problema...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.