Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A IFA 2016 é uma feira de eletrônicos anual, que aconteceu entre 2 e 7 de setembro, onde empresas do mundo inteiro apresentam produtos e inovações. No meio de tantas novidades, não é difícil encontrar novos gadgets, com funções curiosas. O TechTudo esteve na IFA em Berlim e listou os aparelhos que mais se destacaram em inovação.

LG junta 216 TVs OLED para fazer um 'túnel de vídeo' na IFA 2016

Cervejeira PicoBrew

A PicoBrew é um aparelho high-tech que transforma qualquer um em um mestre cervejeiro. Bom, praticamente qualquer um. Basta adicionar os ingredientes no recipiente, encher o barril de água e programar o tipo de cerveja que você quer. Todas as variáveis estão disponíveis e a bebida fica pronta em pouco tempo. Depois, é só esperar alguns dias e degustar sua obra de arte. Custa entre US$ 700 e US$ 1.000 (entre R$ 2.300 e R$ 3.300, respectivamente) nos EUA. E ainda não tem prazo para chegar (oficialmente) no Brasil.

Cervejeira PicoBrew (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Qualquer pessoa pode fazer cerveja com a PicoBrew (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Fones de ouvido Urbanista Seattle

A Urbanista é uma fabricante sueca de fones de ouvido e caixas de som – com nomes de cidades (tem até Rio de Janeiro e São Paulo). Na IFA 2016, eles apresentaram o modelo Seattle, um fone estiloso, clean, equilibrado e com um isolamento acústico físico inacreditável. Nos pavilhões da IFA, depois de dezenas de testes com fones de ouvido, o Seattle foi o melhor custo – benefício. O conjunto, levíssimo, vem nas cores branca, azul, ouro rosa e preta, e custa 59 euros (versão com fios) e 99 euros, a versão wireless.

Fones de ouvido Urbanista Seattle (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Fones de ouvido Urbanista Seattle se destaca pelo isolamento acústico (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Celular TP-Link Neffos X1 Max

Sabe a fabricante de roteadores TP-Link? Pois é, eles também fabricam celulares. Um de seus modelos, o modelo básico Neffos C5, já é vendido no Brasil. Na IFA 2016, eles apresentaram o X1 Max, que tem tela de 5.5 polegadas, roda um processador Helio P10 Octa-core, tem 3GB ou 4GB de RAM, é dual-SIM, tem sensor de digitais e câmera honesta de 13MP. O aparelho é leve, bonito, custa cerca de US$ 250, o equivalente a R$ 815 (um preço baixo para a categoria) e pode chegar ao Brasil em breve.

Celular TP-Link Neffos X1 Max (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Fabricante de roteadores TP-Link mostrou seu novo celular durante a IFA 2016 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Pokébola que carrega o celular

Um dos produtos que mais fez sucesso na parte de acessórios da IFA 2016 foi a Pokebola que carrega o celular via USB, produzida pela Hyper. São dois modelos: uma que funciona como uma lanterna e outra que é uma cópia fiel daquela usada no clássico desenho japonês. Ambas têm versões de 6.000 mAh e 10.000 mAh, o que deve ser suficiente para dias de caçada sem precisar de tomadas por perto. Custam entre US$ 10 e US$ 25 nos sites de compra chineses.

Pokébola que carrega o celular (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Pokébola não deixa celular sem bateria durante as caçadas por Pokémons (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Acessórios de madeira

A Woodcessories é uma empresa alemã que produz incríveis acessórios para produtos Apple feitos de madeira de verdade. Na IFA Berlim, o tampo para Mac e as pulseiras de Apple Watch chamaram bastante atenção. São refinados, resistentes, elegantes e estão em sintonia com a natureza: a empresa diz plantar uma árvore nova para cada produto. Os preços são divulgados mediante consulta.

Acessórios de madeira (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Apple Watch ganhou pulseiras de madeira (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Telas Sharp sem forma

A fabricante de TVs Sharp (lembra dela?) ainda existe, ainda é grande e marcou presença na IFA 2016. Com suas TVs FFD (free form display, ou display de forma livre), a empresa atraiu olhares em seu estande. Os FFV têm o circuitos de controle na área do próprio pixel, e não dentro dele, como nos displays convencionais. Assim, as telas podem ter qualquer forma. Vimos telas trapezoidais, redondas ou mesmo anômalas. A tecnologia, que pode revolucionar a “internet das coisas”, deve estar disponível somente em 2017.

Telas Sharp sem forma (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Telas Sharp podem ter qualquer forma (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

GPS Tomtom para scooters (e motos)

Os motociclistas sempre deram seu jeito para ter navegadores GPS. Agora, a TomTom lança um produto especial para esse público. O sistema, chamado de VIO, se adapta ao guidão das motos como se fosse um retrovisor. O formato é redondo e as cores são estilosas, realçando a telinha, visível sob qualquer ângulo. Funciona em conjunto com o celular e/ou fones de ouvido, via Bluetooth e custa US$ 200 (cerca de R$ 650) nos EUA.

GPS Tomtom para scooters (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)GPS TomTom se adapta ao guidão das motos e custa US$ 200 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Gadgets Cristiano Ronaldo

O craque português do Real Madrid é garoto propaganda onipresente na Alemanha. De franquias de comida até grifes famosas, lá está o Gajo anunciando de tudo. Na IFA, CR7 endossava muitos aparelhos, mas vale destacar os fones de ouvido Monster e o smartphone top de linha Nubia Z11.

Nubia Z11 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Nubia Z11 tem 6 GB de memória RAM (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Enquanto o primeiro tem isolamento de ruído, é feito de plástico, tem som mediano e visual extremamente chamativo, o celular é um fantástico top de linha, bonito, com tela 5.5 Full HD, 6GB de RAM, câmera traseira 16MP e selfie de 8MP, leitor de digitais e corpo em metal. Os fones custam 250 euros, enquanto o aparelho, cerca de 400 euros.

Fones de ouvido Monster (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Fone de ouvido Monster custa 250 euros (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Xenoma e-skin

Comandar todos os seus gadgets com simples movimentos, sem nenhum sensor escaneando o ambiente? Isso já é possível com a e-skin (ou pele eletrônica) da companhia americana Xenoma. Os nanocircuitos ficam na roupa (e podem ser escondidos por estampas, por exemplo) e se comunicam com a plataforma via Bluetooth ou wi-fi. Assim, você pode jogar, comandar aparelhos por gestos ou simplesmente ter um acompanhamento medico mais preciso. A tecnologia ainda está em desenvolvimento, mas foi um dos destaques do pavilhão de inovação da IFA Berlim.

Xenoma e-skin (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Com Xenoma e-skin é possível controlar seus aparelhos por gestos (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Cadeira de massagem VR Medisana

A IFA é uma feira pesada: anda-se muito, longas distâncias, por muito tempo. Some-se a isso as fotos, vídeos e áudios que os jornalistas têm que produzir. Por isso, alguns momentos em uma praia da Riviera Francesa vêm bem a calhar. Com massagem, então… É isso que a Medisana, uma empresa de equipamentos médicos, promete. Com um Oculus Rift de realidade virtual, a viagem é perfeita. Combinada com a cadeira de massagem, bom, a experiência é incrível. Pena que dura pouco... O equipamento completo, com software e óculos VR, custa cerca de 4 mil euros.

Cadeira de massagem VR Medisana (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Medisana oferece cadeira de massagem com experiência em realidade virtual (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Sphero BB-8 Band

Que tal comandar, com gestos, o simpático robozinho de “Guerra nas Estrelas”? É isso que promete a BB-8 band. Pudemos testar o gadget e conferir a precisão dos movimentos. A brincadeira é muito divertida – e por alguns momentos dá até para se sentir um Jedi, no comando da Força. O BB-8, no entando, desmonta a cada pancada (por barbeiragem do Jedi...) na parede. Custa cerca de US$ 90 (R$300, em média) nos EUA.

Sphero BB-8 Band (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Controle o robô de Guerra nas Estrelas com gestos (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Drone Parrot Disco

Dentre as dezenas de drones mostrados na IFA Berlim, o Parrot Disco é o mais impressionante. No formado de um jato militar, o Disco tem uma câmera Full HD grande angular no seu bico que, em conjunto com óculos de realidade virtual, permite que você “viaje” junto com o gadget, em uma experiência incrível. A brincadeira custa US$ 1.400 (R$ 4550).

Drone Parrot Disco (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Drone Parrot Disco vem com óculos de realidade virtual (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)

Qual é o melhor drone para comprar no Brasil? Descubra no Fórum do TechTudo.

 

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.