Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Um vídeo divulgado pelo Google na última terça-feira (6) para mostrar as melhorias feitas no Chrome, ao longo do tempo, revelam que o navegador tem ficado mais econômico. Um teste feito com dois notebooks iguais, mas rodando versões diferentes do software, demonstrou uma queda de consumo de energia. Isto faz com que o aplicativo funcione por até 33% mais tempo do que o verificado em 2015. O material parece uma resposta a um teste semelhante da Microsoft que concluiu que o Microsoft Edge era o navegador mais econômico.

Google libera material design no Chrome 53 e reduz consumo de bateria

Teste do Google mostra melhora no consumo de energia do Chrome (Foto: Reprodução/YouTube) (Foto: Teste do Google mostra melhora no consumo de energia do Chrome (Foto: Reprodução/YouTube))Teste do Google mostra melhora no consumo de energia do Chrome (Foto: Reprodução/YouTube)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

O teste usa dois notebooks idênticos, rodando a versão atual do Chrome, Chrome 53, e o Chrome 46, que foi lançado em outubro de 2015. Os dois dispositivos são programados para rodar vídeos do Vimeo até que a bateria acabe, o que acontece após 8h27min na edição antiga e 10h39min na atual, representando uma melhoria de energia de cerca de um terço.

Segundo o Google, o navegador foi melhorado para consumir menos energia em todos os tipos de sites, não apenas para vídeo. O Chrome 53 também possui outras novidades como facilidades de pagamento e integração com o Android Pay.

O vídeo parece ter sido feito em resposta a um teste da Microsoft exibido em junho, que comparou as versões mais atuais de navegadores e concluiu que o Edge era capaz de operar por 70% a mais de tempo do que o Chrome, na época em sua edição 51. O browser durou 7h22min, enquanto a alternativa do Google operou por 4h19min.

 Como tirar vírus que abre páginas no google chrome? Veja no Fórum do TechTudo.

Ao contrário da concorrente, o Google não mostrou como o novo Chrome opera em relação aos rivais, nem revelou quais modelos de notebooks foram usados no teste, o que dificulta sua reprodução.

O teste da Microsoft também já havia sido contestado antes pelo Opera, que alegava ser ainda mais econômico que o Edge.

 

Via Google


Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.