StarCraft 2 é um jogo de estratégia da Blizzard, a mesma criadora de  Overwatch e  World of Warcraft, conhecido por ser difícil de dominar. O TechTudo conversou com jogadores profissionais, como o brasileiro Guilherme “Kelazhur” Schwimer, que disputa a Copa Intercontinental da modalidade, no México, e pode revelar os segredos do game. Leia o review de StarCraft 2 Legacy of the Void Kelazhur, que atualmente joga pela equipe ROOT Gaming, tem histórias de grandes vitórias em sua carreira, como o primeiro lugar na primeira temporada da Copa América de StarCraft deste ano, além da medalha de prata da segunda e terceira temporadas. O jovem de apenas 20 anos hoje vive na Califórnia, nos EUA, onde treina com seu time.
Brasileiro Kelazhur dá dicas para quem quer começar no StarCraft 2 (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)
Para Kelazhur, o principal em StarCraft 2 é saber onde se quer chegar e com qual objetivo estamos jogando o game. “Tem que treinar várias horas do dia e se especializar com algumas das raças”, disse o jogador, referindo-se aos Protoss, Terranos e Zergs, as raças disponíveis no título. Cada raça tem sua particularidade, então, é necessário escolher uma e treinar somente com ela, para encontrar seu estilo de jogo. O brasileiro treina cerca de oito horas por dia. Apesar de ter sido eliminado da Copa Intercontinental na primeira rodada pelo chinês Syan, ele é o melhor da América Latina – por ter sido o único representante do território no torneio – e também está entre os melhores do mundo. Sua partida contra o chinês não foi simples: terminou por 3×2, em esquema de “melhor de cinco”.
Jogadores profissionais de StarCraft 2 em coletiva de imprensa do evento (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)
 Já Ethan “Iaguz”, australiano e também jogador profissional de StarCraft 2, discorda um pouco de Kelazhur sobre o esquema de treinos – ele afirma que nunca tem horário fixo de prática, mas que não deixa de treinar –, porém deixou uma dica valiosa para novatos. “Quem é novato deve tentar desenvolver mecânicas, uma técnica própria que surpreenda o adversário. Estratégia, por incrível que pareça, é pouco relevante”, contou Ethan ao TechTudo. Huang “Syan”, o chinês que foi adversário de Kelazhur, segue caminho similar e diz que “é preciso intensificar a prática”. Isso não significa necessariamente treinar várias horas por dia, mas sim ver “onde estão as falhas e tentar corrigi-las o quanto antes, por meio da prática constante”. Em uma coisa, contudo, t...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.