Quando acessamos algum site para pesquisar sobre um produto ou assunto e abrimos o Facebook em seguida, a rede social está cheia de anúncios com o mesmo tema. Estranho? Isso acontece porque, além das interações dentro do site, como as páginas curtidas e compartilhadas, a plataforma também absorve informações baseadas na navegação da Internet — via qualquer navegador ou aplicativo. Assusta? Felizmente, é possível limitar um pouco o alcance dessas “invasões”.
Como mudar o tom de pele de emojis usados no Facebook Como o Facebook sabe os sites que você acessa? A forma como o Facebook lida com suas informações é um pouco complexa, mas não é diferente do que acontece com outros sites. Para tentar ser mais assertiva — e exibir posts que você vai gostar —, a rede social adota um sistema de publicidade baseado nos seus interesses online.
Rede social permite configurar anúncios (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)
Ouseja, além de rastrear toda a sua atividade dentro do próprio Facebook, a rede consegue identificar quais sites você acessa. Isso também inclui outros aplicativos, não apenas os da empresa como o WhatsApp ou o Facebook Messenger. Para isso, o Facebook trabalha com os provedores de dados. Empresas como a Acxiom, Datalogix e Epsilon são especializadas na coleta e análise dessas informações e as enviam para a rede social.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone A sequência é mais ou menos assim: o usuário visita um site ou aplicativo parceiro do Faceboo...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.