Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Os celulares da Apple sempre receberam atenção pelas câmeras poderosas, seja com o iPhone 4S, em 2011, ou com o iPhone 6S, em 2015. Com o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, a fabricante mantém a tradição de investir em recursos avançados para entregar um dos melhores resultados em fotos no mercado. 

Testamos o iPhone 7, o celular da Apple com botão Home renovado

O iPhone 7 Plus, atual top de linha da Apple, tem preço de US$ 769 no exterior (R$ 2.510, no câmbio atual, sem impostos), mas ainda não tem data de lançamento nem valor definidos para o Brasil. Enquanto o smartphone não chega ao país, relembre a história da câmera do iPhone, passando por modelos de sucesso como iPhone 5S e iPhone 6

iPhone 7 traz novas cores e novo design de câmera na parte traseira (Foto: Thassius Veloso/TechTudo) (Foto: iPhone 7 traz novas cores e novo design de câmera na parte traseira (Foto: Thassius Veloso/TechTudo))iPhone 7 mantém tradição de câmeras poderosas da Apple (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

iPhone 4S (2011)

O iPhone 4S, lançado em 2011, tem câmera traseira de 8 MP com foco automático. No entanto, se a pessoa preferisse, poderia também dar um toque na tela indicando onde a câmera deveria focar. Ele conta com um flash LED, para iluminar as fotos noturnas. A lente é de 35 mm com abertura de f/2.4, o que não é tanto, ao considerar as câmeras de hoje. O tamanho do sensor é de 1/3.2”.

O iPhone 4S tem uma câmera de 8 MP (Foto: Luciana Maline/TechTudo)O iPhone 4S tem uma câmera de 8 MP (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

O aplicativo de câmera do iPhone 4S tem a função de detecção de rostos, geolocalização, panorama e fotos em HDR. Ela também é capaz de gravar vídeos em 1080p com até 30 quadros por segundo, capturando áudio. O software da câmera fazia a estabilização do vídeo, para que ele não ficasse muito tremido. Apesar disso, o recurso não é muito perceptível. 

A câmera frontal ainda era VGA, ou seja, a qualidade das fotos era questionável. Na gravação de vídeos e nas chamadas via FaceTime, o iPhone 4S gravava a 30 quadros por segundo.

iPhone 5 (2012)

O sucessor do iPhone 4S, o iPhone 5, mudou totalmente o design do celular, mas não mudou muito o jogo de câmeras. Primeiramente, a Apple manteve os mesmos 8 MP da geração anterior, abertura de f/2.4 e sensor com tamanho de 1/3.2”. Assim como no 4S, a câmera traseira conta com um flash LED e grava vídeos a 30 quadros por segundo em 1080p.

A câmera do iPhone 5 ganhou grandes melhorias, apesar de manter o número de megapixels da edição anterior (Foto: Allan Melo / TechTudo)A câmera do iPhone 5 ganhou grandes melhorias, apesar de manter o número de megapixels da edição anterior (Foto: Allan Melo / TechTudo)

Ainda assim, a lente de 33 mm feita de safira usada pela primeira vez no iPhone 5 capturava imagens com mais detalhes. Os recursos do aplicativo da câmera continuaram os mesmos (geolocalização, detecção de rostos, panorama e HDR).

No entanto, a câmera frontal ganhou uma grande melhoria. O componente deixou de ser VGA e passou a ter 1,2 MP de resolução e abertura também de f/2.4. A lente usada na câmera frontal é de 35 mm, resultando em diferença nítida nas chamadas de vídeo. O iPhone 5 ainda pode gravar vídeos em 720p e 30 quadros por segundo.

iPhone 5S (2013)

O primeiro iPhone com leitor de impressões digitais teve um grande salto na qualidade da câmera. O iPhone 5S continuou com os mesmos 8 MP na câmera traseira, mas a abertura melhorou, indo para f/2.2 e capturando um pouco mais de luz. A lente de 29 mm revestida de safira é composta por cinco elementos e filtro IV híbrido.

A novidade da câmera do 5S é o flash LED e o seu processador (Foto: Luciana Maline/TechTudo)A novidade da câmera do 5S é o flash LED e o seu processador (Foto: Luciana Maline/TechTudo)

Além disso, o flash também recebeu um upgrade. Em vez de ser um único flash, o iPhone 5S trouxe flash duplo, chamado de True Tone. Ele tem dois tons de cores para tornar a imagem final mais fiel à realidade, sem partes estouradas em branco. 

O hardware do iPhone 5S deixou a captura de fotos mais rápida, possibilitando um novo modo de captura de imagens, o Burst Mode, que permitia pressionar o botão de captura para tirar várias fotos em sequência. Isso era ótimo para fazer fotos de objetos em movimento, por exemplo. O Burst Mode se juntou às funções Panorama e HDR já presente no app de câmera do iPhone.

Testamos o iPhone 7; assista ao vídeo com detalhes como preço e ficha técnica

No quesito gravação de vídeos, ele continuou gravando imagens com resolução de 1080p a 30 quadros por segundo, mas também conseguia gravar vídeos em câmera lenta. Quando na resolução 720p, o celular conseguia capturar 120 quadros por segundo. O aplicativo de câmera ainda deixava escolher qual parte do vídeo você gostaria de deixar em câmera lenta.

Ainda no modo de gravação, havia o recurso de time-lapse. O usuário ainda podia tirar fotos enquanto estava filmando, coisa que era impossível nos modelos anteriores do iPhone. Nesta geração, a Apple também inseriu o zoom de 3x.

A câmera frontal, porém, não teve uma mudança notável, a não ser pelo sensor de retroiluminação e o controle de exposição.

iPhone 6 e 6 Plus (2014)

A geração do iPhone de 2014, iPhone 6 e iPhone 6 Plus, também não trouxe grandes melhorias nas câmeras. A linha continuou com 8 MP de resolução, mas com melhorias na captação de imagens. O foco automático, por exemplo, ficou mais rápido com a tecnologia Focus Pixels. Isso foi possível graças ao processador de sinal de imagem presente no chip A8.

Interface do software da câmera do iPhone 6 Plus (Foto: Lucas Medes/TechTudo)Interface do software da câmera do iPhone 6 Plus (Foto: Lucas Medes/TechTudo)

iPhone 7 ou Galaxy Note 7: qual é o top de 2016? Comente no Fórum do TechTudo.

A lente usada continuou de 29 mm com abertura de f/2.2 e composta por cinco camadas, sensor de retroiluminação e feita de cristal de safira. Uma das grandes novidades do iPhone 6 Plus foi a estabilização óptica de imagem (OIS), que deixa os vídeos e fotos menos tremidos. Por se tratar de um recurso de hardware, eliminava boa parte das trepidações dos vídeos.

O aplicativo de câmera continuou a ter as mesmas funções (detecção de rosto, HDR, panorama e câmera lenta). No entanto, a câmera lenta passou a gravar vídeos a 240 quadros por segundo, o que é uma ótima evolução. Nas gravações de 1080p, o iPhone  conseguia capturar 60 quadros por segundo. Enquanto isso, a câmera frontal continuou sem receber novidades.

iPhone 6S e 6S Plus (2015)

Depois de cinco anos com câmeras com 8 MP, a Apple resolveu aumentar e usar câmeras com 12 MP de resolução, pelo menos na câmera traseira. A grande novidade do iPhone 6S foi o recurso chamado Live Photos, que capturava alguns segundos de vídeo para montar uma imagem animada da cena.

Câmera do iPhone 6S (Foto: Thiago Lopes/TechTudo)Câmera do iPhone 6S (Foto: Thiago Lopes/TechTudo)

Não houve mudanças na construção da câmera. A abertura da lente continuou de f/2.2, composta por cinco elementos e coberta com cristal de safira. O modo Panorama, porém, chega a até 63 megapixels, capturando muito mais detalhes. O modo HDR, por sua vez, é ligado por padrão, sem a intervenção do usuário.

Pela primeira vez, uma câmera de iPhone podia gravar em 4K a 30 quadros por segundo. Os vídeos em câmera lenta também ficaram melhores. Era possível filmar em slow motion em 1080p com 120 quadros por segundo. Os vídeos em time-lapse também contavam com estabilização óptica de imagem.

A câmera frontal pulou de 1,2 MP para 5 MP e gravava vídeos em HD. Além disso, para tirar selfies em lugares escuros, a tela se transforma em uma espécie de flash. O iPhone 6S e o iPhone 6S Plus também contam com HDR automático na câmera frontal.

iPhone 7 e 7 Plus (2016)

Em 2016, a Apple resolveu inovar com o iPhone 7 e, especialmente, o iPhone 7 Plus, que chega com duas câmeras traseiras. A primeira delas é uma lente grande angular com abertura de f/1.8, o que permite a captura de muito mais luz e detalhes. Enquanto isso, a outra câmera tem lente teleobjetiva com abertura de f/2.8. Isso serve para auxiliar o zoom, deixando as fotos mais nítidas e detalhadas. O zoom óptico nos novos iPhone é de 2X, e o digital é de 10X.

Câmera do iPhone 7 tem 12 megapixels, com direito a estabilizador de imagem (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Câmera do iPhone 7 tem 12 megapixels, com direito a estabilizador de imagem (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

O flash, que antes era duplo, agora é quádruplo. Ele possui quatro tons de cores e deixa as imagens com cores mais próximas da realidade, mesmo em ambientes escuros. A lente da câmera agora é composta por seis elementos. Todos os recursos dos outros iPhone estão presentes, como o Panorama de 63 MP, foco automático Focus Pixels, Live Photos com estabilização, detecção de rosto, controle de exposição e outros.

A câmera frontal pulou de 5 para 7 MP, capaz de gravar vídeos em Full HD (1080p). O iPhone 7 e o iPhone 7 Plus trazem ainda flash retina, HDR automático, sensor de retroiluminação e detecção de rosto.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.