Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A Samsung divulgou, nesta segunda-feira (19), informações referentes a maneira como os consumidores podem identificar um Galaxy Note 7 recente. O novo lote foi fabricado depois da descoberta dos problemas de baterias explosivas, que marcaram as primeiras remessas do celular e motivaram um recall. Para identificar a diferença, o usuário deve ficar atento a  dois elementos: na interface gráfica e na caixa, que diferenciam o aparelho do modelo original, lançado em agosto de 2016 e sujeito a riscos de explosão. Qualquer Galaxy Note 7 que não conte com esses novos detalhes deve ser encarado como produto de lotes antigos, em que há riscos de acidentes.

Testamos o Galaxy Note 7, o celular da Samsung com scanner de íris

Vale lembrar que o Note 7 ainda não foi lançado oficialmente no Brasil, o que significa que o número de consumidores que deverão substituir o celular é pequeno, incluindo apenas aqueles que o compraram no exterior. Além disso, o telefone chegará por aqui na versão corrigida.

Novo Note 7 apresenta mostrador da bateria na cor verde, diferente do mostrador em cor branca do modelo original (Foto: Divulgação/Samsung)Novo Note 7 apresenta mostrador da bateria na cor verde, diferente do mostrador em cor branca do modelo original (Foto: Divulgação/Samsung)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Para identificar o smartphone novo, livre de riscos, o consumidor deve procurar um quadrado preto no canto superior direito da etiqueta com número de série e modelo do celular, colada na caixa do Note 7. O outro é um ícone de bateria que mostra a quantidade de energia restante na cor verde, exibido na barra de notificações, na tela Always On e no menu de opções de desligar.

Caso o consumidor não se sinta seguro com as duas formas, também é possível consultar um site da Samsung (http://www.samsung.com/us/note7recall/) para saber se o celular foi afetado com o problema das baterias defeituosas. Para usar a ferramenta, é preciso digitar o IMEI ou o número de série do telefone no site e consultar o banco de dados: o resultado dirá se o Note 7 precisa passar por recall ou se está livre de perigo.

Quem estiver seguro quanto aos outros métodos pode usar o site da Samsung, que permite consulta via número de série para saber se o Note 7 faz parte das unidades afetadas pelo problema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)Quem não estiver seguro quanto aos outros métodos pode usar o site da Samsung, que permite consulta via número de série para saber se o Note 7 faz parte das unidades afetadas pelo problema (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

O Galaxy Note 7 teve um lançamento tumultuado por conta de uma grande quantidade de relatos de explosões vinculadas ao funcionamento da bateria, tanto em situações de recarga como em uso normal e repouso do celular. 

Quadrado preto no canto superior direito da etiqueta com número de série, que pode ser encontrada na caixa do celular, garante que o aparelho não é atingido pelo problema da bateria (Foto: Divulgação/Samsung)Quadrado preto no canto superior direito da etiqueta com número de série, que pode ser encontrada na caixa do celular, garante que o aparelho não é atingido pelo problema da bateria (Foto: Divulgação/Samsung)

A incidência de problemas foi grande o suficiente para forçar a Samsung a convocar um recall dos aparelhos vendidos nos mercados em que o smartphone já tinha estreado. Além disso, companhias aéreas e autoridades, como a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estão ou recomendando atenção por parte das companhias aéreas quanto a questão, ou simplesmente proibindo o uso do celular em voos.

O lançamento do celular no Brasil estava previsto para a segunda quinzena de setembro, mas foi adiado, por enquanto. Procurada pelo TechTudo, a Samsung Brasil não se pronunciou até a publicação desta matéria.

Galaxy Note 7 fica proibido em voos internacionais; veja o aviso!

Via Samsung, The Verge

iPhone 7 ou Galaxy Note 7: qual o melhor celular de 2016? Comente no Fórum do TechTudo.

 

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.