Com o objetivo de tornar o navegador Microsoft Edge cada vez menos vulnerável no mercado corporativo, a Microsoft anunciou, por meio de seu blog, o lançamento de mais uma camada de proteção exclusiva para o Microsoft Windows Defender do Windows 10 Enterprise, usando a tecnologia de virtualização Hyper-V Manager da própria Microsoft para isolar ameaças.
Microsoft lança build 14936 do Windows 10 para PC e celular De acordo com o texto publicado no blog oficial do Windows, o método Application Guard cria uma máquina virtual que pode "enganar o hacker". Ao tentar invadir um servidor, por exemplo, o protocolo de segurança da Microsoft detecta a ameaça e direciona o invasor para fora da rede. Assim, a ameaça não é apenas isolada na rede, mas é também completamente removida.
Windows Defender deixará o Microsoft Edge mais seguro no Windows 10 Enterprise (Foto: Zíngara Lofrano/TechTudo)
Como o Application Guard funciona? Quando o usuário entra um site confiável dentro da empresa, algum serviço de rotina, o Microsoft Edge age normalmente. Entretanto, quando o usuário navega por uma página não reconhecida, ou potencialmente perigosa, o sistema cria uma máquina virtual no hardware, totalmente isolada do sistema operacional. Desta forma, qualquer possível malware não terá acesso às credenciais de rede ou qualquer informação importante para invadir. Mesmo que ele tenha sucesso em enviar o seu código malicioso, encontrar...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.