Um novo padrão para redes cabeadas, que promete melhorar a transmissão de dados, recebeu aprovação internacional do Instituto de Engenheiro Eletricistas e Eletrônicos (IEEE) nesta semana. Conhecido como ‘802.3bz-2016, 2.5G / 5GBASE-T’, o novo padrão pode variar entre 2,5 Gbps a 5 Gbps de velocidade, superior aos 1 Gbps das redes mais comuns. Lembrando que o IEEE também tem representação no Brasil.
MTU: entenda como recurso do roteador afeta velocidade da Internet Um dos diferenciais da tecnologia é que ela não necessita de um cabo especial para chegar a essas taxas de transferência. Com o novo padrão é possível atingir 2,5 Gbps com cabos Cat 5e e a velocidade máxima com os cabos Cat 6.
Novo padrão funciona em cabos Cat 5e e Cat 6 (Foto: Divulgação)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
O novo padrão foi desenvolvido para ser um meio termo entre as redes de 1 Gbps e as de 10 Gigabit Ethernet, que necessitam de cabeamento especial – consequentemente mais caro – e são mais comuns em ambientes corporativos, como em data centers e servidores. Os pesquisadores conseguiram desenvolver uma tecnologia semelhante às redes 10GBASE-T, porém com uma largura de banda menor – entre 100 MHz e 200 MHz, contra 400 MHz. Com isso, os cabos não necessitam de uma blindagem de alta qualidade, permitindo o uso de cabos Cat 5e, comuns em redes domésticas, e Cat 6. Atualmente, as redes domésticas contam com equipamentos – roteadores e placas de rede – que ...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.