Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A Podo é um modelo de câmera inusitado, que traz a vantagem de se "colar" em qualquer superfície, graças a uma espécie de tapete de sucção embutido no aparelho. Com isso, é possível grudar a câmera em paredes, mesas, árvores e até ambientes molhados. O projeto já bateu a meta de financiamento no site Kickstarter e pode ser uma solução barata para quem deseja comprar uma câmera portátil. 

Conheça as câmeras fotográficas mais inusitadas

A câmera é a segunda geração da Podo, que chega com a novidade no preço - quase a metade do valor anterior, passando de US$ 89 para US$ 49. A pouco menos de 15 dias para terminar a campanha, o projeto já arrecadou quase US$ 300 mil, cerca de R$ 975 mil. Isso é muito mais do que o objetivo, que era de US$ 50 mil (R$ 162 mil).

Podo (Foto: Divulgação/Podo)Podo: câmera que gruda 'em qualquer lugar' ganha 2ª geração com metade do preço (Foto: Divulgação/Podolabs)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Em 2015, a primeira versão da Podo arrecadou US$ 427 mil, mais de R$ 1 milhão, no câmbio atual. A segunda geração da Podo traz ainda mais atrativos do que o modelo anterior, como a capacidade de tirar fotos em melhor qualidade, o maior armazenamento interno e a lente superior. 

O dispositivo da Podolabs conta com sensor de 5 megapixels. A surpresa é que a Podo com lançamento em 2015 contava com 8 megapixels de resolução. No entanto, na versão atual os pixels são maiores, com 2,2 μm. Com isso, a câmera promete captar mais luz, mesmo em ambientes com pouco luminosidade.

Outra diferença é que a Podo de 2016 pode ser utilizada com até seis modelos ao mesmo tempo, para fotos simultâneas. Além disso, a câmera agora também traz uma lente grande angular. Com essa vantagem, ela é capaz de capturar mais elementos em um mesmo ângulo. O modelo conta ainda com 8 GB de memória interna, sendo capaz de gravar vídeos em 720p, a 30 quadros por segundo.

Qual a melhor câmera semi-profissional até R$ 2.000? Comente no Fórum do TechTudo.

Podo (Foto: Divulgação/Podo)Câmera Podo tem frete disponível para o Brasil (Foto: Divulgação/Podolabs)

O controle da Podo é feito por um aplicativo para smartphone, e a câmera se conecta ao aparelho por Bluetooth 4.2 LE. O modelo traz ainda uma bateria recarregável via micro USB, com promessa de mais 1,5 hora de duração da carga. O dispositivo traz ainda LEDs para o flash e acelerômetro.

O atrativo é que mesmo com as melhorias, a câmera não ficou mais cara. Na verdade, o preço é menor do que o produto do ano passado. A partir de US$ 49 (R$ 162, sem impostos) já é possível comprar uma câmera Podo – o modelo anterior saía por US$ 89 (R$ 289). O frete para o Brasil custa US$ 20 (R$ 65). Vale destacar que no valor não estão inclusos impostos. O envido do produdo está previsto para fevereiro de 2017.

Via Kickstarter e TechCrunch

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.