Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Instagram completa seis anos no dia 6 de outubro. Criada em 2010 pelo brasileiro Mike Krieger junto com o norte-americano Kevin Systrom, a plataforma nasceu como um aplicativo para celulares e, inicialmente, apenas para dispositivos iOS Hoje, além do iPhone, o app está disponível em praticamente todas as plataformas, como Android, Windows Phone e versões web.

Dez truques para dominar o Instagram

Com o tempo, a rede social implementou diversas mudanças, algumas um pouco polêmicas, mas continuou "queridinha" dos internautas. Atualmente o Instagram soma mais de 500 milhões de usuários ativos por mês.

Como salvar posts em rascunho no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram) (Foto: Como salvar posts em rascunho no Instagram (Foto: Reprodução/Instagram))Instagram faz 6 anos: relembre sua história (Foto: Reprodução/Instagram)

Feed do Instagram

O Instagram completa seis anos com muitas novidades, ainda que não livre de polêmicas, como com a mudança drástica na forma em que os posts no feed de notícias são exibidos.

A rede social abriu espaço para anúncios, que foram acusados pelos usuários de serem mais invasivos que o comum, já que aparecem no feed, como um post qualquer.

Posts mais interessantes

Outra polêmica foi a implementação de um algoritmo que prioriza posts "mais interessantes", nos moldes do feed de notícias do Facebook.  

Segundo a rede, a medida foi adotada porque o volume de post era muito grande e os usuários não conseguiam ver todos. A mudança foi recebida com muitas críticas e gerou uma corrida para ativar notificações de posts do app. 

Instagram inclui botão para capturar fotos no escuro; entenda (Foto: Carolina Oliveira/TechTudo) (Foto: Instagram inclui botão para capturar fotos no escuro; entenda (Foto: Carolina Oliveira/TechTudo))Instagram inclui recurso igual ao do Snapchat (Foto: Carolina Oliveira/TechTudo)

Instagram Stories

Uma das novidades mais gritantes veio com o Stories, serviço que funciona de forma bem similar ao Snapchat. A ideia é capturar e postar fotos e vídeos que ficam no ar por apenas 24 horas.

O Stories permite aplicar filtros básicos, escrever texto e publicar na linha do tempo da rede social.

Novo Visual

Ao longo dos anos o Instagram também recebeu atualizações de visual. Perdeu seu jeito mais “colorido” de ser e atualmente exibe uma interface em preto e branco, para realçar as cores e definição das fotos e vídeos.

Instagram salva fotos e vídeos automaticamente na galeria? Aprenda a desativar (Foto: Marvin Costa/TechTudo) (Foto: Instagram salva fotos e vídeos automaticamente na galeria? Aprenda a desativar (Foto: Marvin Costa/TechTudo))Feed do Instagram ficou preto e branco (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

O ícone do próprio aplicativo mudou drasticamente, e, ao contrário da interface, ficou colorido.

Vídeos no Instagram

Antigamente, a rede social só permitia vídeos de até 15 segundos, dificultando a vida do usuário que gostaria de fazer um vídeo mais longo. Esse ano o Instagram liberou oficialmente vídeos de até um minuto

Edição de fotos e vídeos

Só era possível adicionar filtros no conteúdo que o usuário postava no Instagram. Agora, pode-se alterar editar o brilho, o contraste, estrutura, temperatura, saturação e outros itens, além de colocar filtros.

Instagram Direct

As mensagens privadas no Instagram foram liberadas em 2013, liberando mais uma função para os usuários terem conversas secretas. 

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Evolução

A ideia do Instagram veio de registrar e compartilhar fotos no formato “quadrado”, similar a fotografias obtidas por meio de câmeras antigas, como a Kodak Instamatic e a Polaroid.

Além de compartilhar fotos, era possível inserir filtros especiais e nessa época a edição de fotos em celulares não era populariza. Era possível personalizar as imagens usando efeitos em preto e branco, lentes mais ou menos coloridas, com diversos tons e molduras.

Desde seu lançamento em 2010 até 2016, o Instagram mudou bastante. Seu lançamento para Android, em 2012, mexeu com os usuários do iOS e causou polêmica, já que todos entendiam se tratar de uma exclusividade do iPhone, na época.

A rede social chegou com sucesso ao sistema operacional do Google, em seguida aos usuários do Windows Phone e uma versão para navegadores, que no início mostrava apenas perfis de usuários e depois passou a exibir o feed. 

Instagram para Android (Foto: Allan Melo/TechTudo)Instagram chega para usuários de Android (Foto: Allan Melo/TechTudo)

Compra bilionária 

Em 2012, o Instagram anunciou que foi comprado pelo Facebook, atualmente um dos líderes em redes sociais. A compra, no valor de US$ 1 bilhão, permitiu ao Facebook integrar seus serviços com a rede de fotos e aumentar ainda mais sua base de usuários. 

Além disso, alguns novos recursos foram incluídos: em 2013, a plataforma ganhou suporte a vídeos, ainda que de forma curta, com apenas 15 segundos para publicação. 

O aumento na duração veio em 2015, quando a plataforma passou a suportar mais tempo de captura (um minuto). Outra mudança foi o envio de fotos ou filmes com formatos diferentes do antigo quadrado. 

Boomerang, do Instagram, cria vídeos com suas expressões (Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo)Boomerang, do Instagram, cria vídeos com suas expressões (Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo)

Hoje a rede social de fotos evoluiu ao ponto de lançar aplicativos derivados, como o HyperlapseLayout e Boomerang – para auxiliar na montagem de fotos e captura de vídeo e formato loop ou acelerado.

 *Colaborou Luana Marfim e Camila Peres

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.