Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Vine, aplicativo e rede social de vídeos curtos, será encerrado em breve. O Twitter anunciou o fim, informando que descontinuará o serviço nos próximos meses. O app foi lançado em 2012, como startup independente de compartilhamento de conteúdo rápido. O Twitter promete novidades sobre o Vine em breve e garante que vai “trabalhar de forma próxima com criadores” para tirar todas as dúvidas sobre o fim do serviço.

Saiba o que acontece depois de excluir perfis de redes sociais e mensageiros

Dicas de Twitter: truques e tutoriais para conquistar a rede social

O Vine Messages pode ser enviado para várias pessoas simultaneamente, de forma privada (Foto: Reprodução/Vine)Twitter anuncia fim da plataforma de vídeos (Foto: Divulgação/Vine )


Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

O porta-voz do Vine afirmou que as pessoas ainda poderão assistir aos vídeos criados: "manteremos o site online, pois achamos que é importante que você ainda possa assistir todos os incríveis Vines que foram criados”.

Qual a sua rede social favorita? Comente no Fórum do TechTudo.

Sobre o Vine

Originalmente, o Vine permitia compartilhar vídeos de seis segundos e meio, mas chegou a mudar seu formato para até 140 segundos, depois que o Instagram incluiu funções similares.

A rede social ficou conhecida pelos inúmeros vídeos de humor e ganhou destaque por ser comprada pelo Twitter, em 2012.

Problemas no Twitter?

Segundo o site The Next Web, há rumores de que o Twitter está passando por problemas internos, de reestruturação e que cerca de 300 funcionários foram liberados de seus postos de trabalho nos últimos dias. 

Via The Next Web, Medium

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.