Gwent é o jogo de cartas apresentado em The Witcher 3: Wild Hunt. Em 2017, o cardgame será lançado cheio de melhorias e novos recursos como um título próprio para PS4 e Xbox One e PC, mas até lá, a desenvolvedora CD Projekt Red conduzirá testes em um beta fechado. Confira nossas impressões sobre a mais nova versão do jogo. Aprenda a construir decks com o Gwent Deckbuilder (Re)aprendendo a jogar Gwent fez muito sucesso, não apenas nas tavernas e castelos visitados por Geralt em The Witcher 3, mas também nos lares dos jogadores, que adoraram competir e ficaram com vontade de curtir um pouco mais do viciante cardgame. Felizmente, a CD Projekt RED aproveitou a E3 de 2016 para satisfazer os fãs e confirmar que Gwent ganharia o seu próprio título free to play.
Gwent ganhou jogo próprio independente de Witcher 3 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)
Desde então o jogo evoluiu bastante e, pelo que pudemos ver no beta fechado inaugurado em 25 de outubro, a despeito dos inevitáveis (porém raros) travamentos e bugs, já parece ter uma estrutura muito próxima do que será visto na versão final. Logo no começo do jogo, um tutorial apresenta o caminho das pedras, com as mecânicas básicas necessárias para se dar bem no viciante mundo do Gwent, desde as regras e funcionamento das cartas até o procedimento para construção de decks. Como a interface é mais rica em recursos e mais robusta do que a mostrada originalmente, é aconselhável que nem os jogadores mais veteranos pulem o tutorial.
Gwent tem um visual mais bonito que sua versão em Witcher 3 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)
As regras, no entanto, são as mesmas utilizadas no grande RPG de 2015: dois jogadores colocam seus decks para se digladiarem em uma arena dividida em três setores onde devem ser inseridas as cartas: os campos de curta, média e longa distâncias. Em um sistema “melhor de três”, vence o jogador que conseguir somar o maior número entre os atributos das três fileiras em duas rodadas.
Gwent ainda receberá dezenas de novas cartas na fase de beta fechado (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)
Cartas na mesa Os aprimoramentos visuais de Gwent vão muito além da apresentação da mesa de jogo. No novo game, até as cartas ganharam animações e sons próprios. Em vez das imagens estáticas exibidas no clássico RPG, algumas das novas cartas possuem pequenas animações e sons. Geralt, por exemplo, é mostrado matando um monstro e exclamando “Não é seu dia de sorte”. Pequenos detalhes como esse tornam as partidas m...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.