O novo MacBook Pro permite trocar o SSD, pelo menos em sua versão mais barata. Omitida pela Apple durante o evento de apresentação dos notebooks, a capacidade foi descoberta pela OWC, empresa americana que vende componentes de terceiros para o hardware da maçã.
Conheça cinco tecnologias abandonadas pelos novos MacBook Pro A revendedora só conseguiu ter acesso ao modelo de entrada, com tela de 13 polegadas e sem a Touch Bar. Dessa forma, ainda não se sabe se as versões mais robustas do MacBook Pro, com Touch Bar e/ou display de 15 polegadas, também virão com drive de estado sólido removível.
Modelo mais barato do novo MacBook Pro traz SSD removível (Foto: Divulgação/Apple)
Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular
A principal vantagem dessa característica é que ela permite aumentar o armazenamento interno do notebook depois de um tempo, quando o usuário precisar de mais espaço. Há SSDs de 1 TB disponíveis no mercado, quase o dobro da maior capacidade dos novos MacBooks Pro, de 512 GB. A possibilidade de upgrade também gera economia. Em vez de comprar o modelo de 13 polegadas com 512 GB, que sai a US$ 1.999 (cerca de R$ 6.360, pela cotação atual), o usuário poderá adquirir a versão de 256 GB, que custa US$ 500 (aproximadamente R$ 1.590) a menos. Para efeito comparativo, o Samsung 850 EVO, de 1 TB, tem preço médio de US$ 300 (R$ 950) nos E...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.