Sites que apresentarem riscos de segurança e forem reincidentes no Google Safe Browsing – recurso mantido pela empresa, que avisa o usuário sobre páginas infectadas e relacionadas à distribuição de malware – passarão a ter um aviso permanente. A novidade foi anunciada pelo blog do Google, específico para assuntos de segurança na Internet.
Google divulga brecha da Microsoft e Adobe explorada por hackers
Essa foi a maneira encontrada pela gigante de buscas para impedir que determinadas páginas usem artimanhas para escapar da ferramenta por curtos espaços de tempo. Muitas vezes, isso basta para que o conteúdo de risco seja redistribuído, causando danos e prejuízo para os usuários. 
Google aperta o cerco contra quem tenta burlar o Safe Browsing (Foto: Reprodução/Google)
Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular
A decisão do Google busca resolver a situação atual em que o responsável por uma página classificada como perigosa apenas precise pedir para que seu site seja reavaliado pelo mecanismo. Para passar no teste, o administrador desliga o conteúdo perigoso e acaba escapando do Safe Browsing para, logo em seguida, voltar a distribuir malware, phishing, entre outros. Agora, sites identificados como reincidentes em detecções pelo Safe Browsing passarão a contar com um aviso apontando para essa situação. Além disso, os responsáveis por essas páginas não poderão simplesm...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.