League of Legends é um dos jogos mais populares do planeta. Criado pela Riot Games em 2009, o título para computador recebe updates constantes com novos campeões, modos e habilidades. Mas ao longo dos anos, “LoL” como é conhecido, tem acumulados uma série de curiosidades e polêmicas. Confira algumas neste artigo especial:

Curiosidades e polêmicas sobre o popular game League of Legends (Foto: Divulgação)Curiosidades e polêmicas sobre o popular game League of Legends (Foto: Divulgação)

Inspiração em Mod de Warcraft III: The Frozen Throne

Idealizado de forma descontraída em 2003, Defense of the Ancients (Dota) criou o gênero conhecido como MOBA (Multiplayer Online Battle Arena). Foi o primeiro jogo a definir os personagens como “Campeões” e nomear bases para serem defendidas em um mapa por grupos de 3×3 ou 5×5.

Designers e programadores de Defense of the Ancients saíram do projeto para criar League of Legends (Foto: Divulgação)Designers e programadores de Defense of the Ancients saíram do projeto para criar League of Legends (Foto: Divulgação)

A popularidade do jogo cresceu tanto que alguns desenvolvedores saíram do projeto e criaram outros jogos do gênero, como Dota 2 e League of Legends. Os dois principais mentores de League of Legends foram Steve Feak, game designer de Defense of the Ancients e Warcraft III: The Frozen Throne, e Steve Pendragon, criador do antigo mapa de Dota.

Nomes em outros idiomas e cientistas famosos

Diversos nomes de campeões em League of Legends são variações de outros idiomas. O nome do campeão “Brand”, por exemplo, em alemão significa fogo ou queimar. A campeã “Vi”, em latin se chamaria “Com a força”. Mordekaiser, traduzido do alemão significa imperador assassino, o que combina perfeitamente com a temática do personagem.

Cientistas famosos serviram de inspiração para a criação do personagem Heimerdinger (Foto: Divulgação)Cientistas famosos serviram de inspiração para a criação do personagem Heimerdinger (Foto: Divulgação)

Já o campeão Heimerdinger, que mais parece um cientista louco, tem o nome inspirado em dois físicos: Robert Oppenheimer, criador da bomba atômica e Erwin Schrödinger, conhecido físico teórico, bastante importante para a criação do conceito de física quântica.

Governo norte-americano reconhece jogadores profissionais de League of Legends como atletas

Em 2013, o governo dos Estados Unidos reconheceu os jogadores do game League of Legends como atletas profissionais, o que permitiu emitir visto de trabalho para jogadores estrangeiros participarem de torneios naquele país.

Governo americano reconhece jogadores profissionais de LoL como atletas (Foto: Reprodução / lolsports)Governo americano reconhece jogadores profissionais de LoL como atletas (Foto: Reprodução / lolsports)

“O fato de um governo reconhecer os jogadores como profissionais, acena para um melhor entendimento do fenômeno E-sports, além de facilitar a organização de torneios mundiais”. É o que afirma Nick Allen, o gerente de esporte eletrônico da Riot Games em entrevista ao site Gamespot.

Preso por discussão sobre o League of Legends

Também em 2013, um jogador de League of Legends foi preso nos Estados Unidos por fazer comentários ofensivos, e também por ser mal interpretado. Justin Carter, 18 anos, participava de uma discussão inflamada sobre o

... game em uma rede social, quando alguém o xingou chamando de perturbado, ele respondeu com a seguinte pérola: “Sim, sou perturbado, acho que vou dar uns tiros num jardim da infância, e ver o sangue dos inocentes jorrar; e vou comer o coração de um deles”.

Ele terminou a frase com “jk” uma abreviação para “Just Kidding” ou “apenas brincando”. Contudo, uma mãe canadense interpretou tudo aquilo como uma ameaça séria. O rapaz foi preso e uma fiança exorbitante de 500 mil dólares foi determinada, junto com uma condenação de 8 anos. Felizmente uma pessoa que não quis se identificar pagou a fiança de Justin e o caso já foi resolvido a favor do jovem.

Nada de ossos na China

É bastante comum, em jogos eletrônicos, designers colocarem esqueletos como inimigos a serem derrotados. Em muitos jogos de ação, esse tipo de inimigo é até preferível ao invés de por um personagem para atirar em representações de pessoas.

Skin do campeão Karthus teve que ser alterada na China (Foto: Divulgação)Skin do campeão Karthus teve que ser alterada na China (Foto: Divulgação)

Mas na China, esqueletos não podem ser representados nos games. É algo visto como rude ou um tabu. Por conta disso, alguns campeões em League of Legends foram adaptados na versão chinesa do jogo. Outros games também passaram pelo mesmo problema, como Dota 2.

O jogo para computador mais jogado no mundo

Em qualquer pesquisa de jogos para PC realizada atualmente, League of Legends figura sempre no primeiro lugar. Mais de 1.3 bilhões de horas são gastas no jogo todo mês, ou seja, um mês e meio de LoL corresponde a todas as partidas jogadas em todos os jogos da série Halo.

Popularidade do jogo cresce ano após ano (Foto: Reprodução / Alexa)Popularidade do jogo cresce ano após ano (Foto: Reprodução / Alexa)

Atualmente o jogo conta com 27 milhões de jogadores diários e 67 milhões acessam o jogo pelo menos uma vez por mês. Não foi revelada a quantidade total de jogadores, mas com números assim, não é de se estranhar que seja o jogo para computador mais jogado do mundo.

Lotado de referências

Para quem gosta de referências e cultura pop, League of Legends é um prato e tanto. Há skins dentro do jogo que são referências aos navegadores de internet mais famosos. O campeão Mordekaiser tem muitas habilidades que possuem o mesmo nome de músicas de bandas de Heavy Metal como Black Sabbath, Megadeth e Motorhead.

Navegadores são homenageados em League of Legends (Foto: Reprodução)Navegadores são homenageados em League of Legends (Foto: Reprodução)

Mas uma das referências mais legais e obscuras está na animação de morte do campeão Draven. Ao morrer ele faz o mesmo gesto do protagonista do anime Cowboy Bebop.

Dançando na arena

Como dito anteriormente, há um universo de referências em League of Legends. Boa parte delas está escondida nas danças que os personagens executam. Confira um vídeo contendo todas as referências musicais e a vídeos virais no clipe abaixo.

Fresh Prince Of Bel-Air, passando por cantoras de J-pop, animes, até mesmo a dança dos garotos góticos em South Park. Contudo, nenhuma é mais maluca do que a do Campeão Olaf que dança freneticamente como o “Techno Viking”.

Qual o tamanho do sucesso de League of Legends?

Mencionamos acima a quantidade surreal de jogadores de League of Legends, mas como quantificar o sucesso do game? Que tal em “verdinhas”? Estima-se que League of Legends renda anualmente cerca de US$ 1 bilhão de dólares a Riot Games. Além disso, o jogo é a principal audiência no site de streaming de vídeo Twitch.tv, representando sozinho cerca de 26% da audiência.

Campeonato Mundial de League of Legends reune milhões de expectadores (Foto: Reprodução / Riot Games)Campeonato Mundial de League of Legends reune milhões de expectadores (Foto: Reprodução / Riot Games)

E não é preciso trabalhar na Riot Games para ser bem sucedido com o jogo. Muitos jogadores já venceram torneios e ganharam premiações expressivas. No campeonato mundial, realizado na Coreia do Sul, em outubro de 2014, a premiação total foi de dois milhões de dólares. A final aconteceu em Seul em um estádio com 45 mil pessoas assistindo ao vivo e mais oito milhões de pessoas assistindo via streaming.

Qual seu campeão favorito em League of Legends? Opine no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.