Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Overwatch é o primeiro FPS desenvolvido pela Blizzard, a criadora de World of Warcraft e Starcraft 2. Lançado para PS4Xbox One e PC, o jogo de tiro estrelado por heróis carismáticos tem jogabilidade perfeita, muita diversão multiplayer e ficou ainda melhor com a atualização que trouxe a heroína Sombra e o mapa "Ecoponto Antártica". Confira nossas dicas para se dar bem no novo cenário:

Overwatch anuncia personagem Sombra e novos cenários para o jogo

Tamanho não é documento

''Ecoponto Antártica'' é a menor arena disponível entre todas as opções de Overwatch, e foi criada especialmente para as partidas do modo Arcade, disponibilizadas em novembro de 2016. Como o cenário abriga apenas partidas de um contra um ou três contra três, suas dimensões são mais compactas do que as vistas nos outros mapas, mas nem por isso a base congelada é menos fascinante.

Assista ao gameplay de Overwatch :

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Como os dois lados do embate “largam” ao mesmo tempo, não há sentido em correr até o centro do mapa. Pelo contrário, o mais inteligente aqui é ficar de tocaia e prever para onde seus inimigos estão se deslocando. É um legítimo jogo de gato e rato, e normalmente vence o jogador que tem maior domínio sobre o mapa e consegue ler os movimentos do oponente.

Overwatch: Ecoponto Antártica é o menor mapa do game (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: Ecoponto Antártica é o menor mapa do game (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Aproveite os atalhos

Não há modo melhor de medir suas habilidades em Overwatch do que nas lutas um contra um, que colocam dois heróis idênticos para se digladiar na Antártica. É essencial dominar os ataques primários, secundários e especiais de cada personagem do elenco, já que sua seleção é totalmente aleatória, mas o verdadeiro diferencial para a vitória reside em seu domínio sobre a geografia do Ecoponto.

Overwatch: Fique atento à todas as rotas alternativas (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: Fique atento à todas as rotas alternativas (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Há dezenas de esquinas situadas em “pontos cegos”, perfeitas para ficar de tocaia ou preparar armadilhas com seus ataques secundários, como as torres de "Torbjorn" e os lasers de "Symmetra".

Apesar do amplo campo aberto central, os cantos leste e oeste permitem uma jogabilidade bem vertical, então tente encontrar seu rival o quanto antes e controle seus movimentos a partir de um ponto alto inalcançável para ele. Só desça quando ele estiver bem vulnerável.

Suporte aos suportes

As partidas três contra três exigem uma tática bem diferente dos jogos rápidos ou temporadas competitivas. Como a meta é eliminar os três personagens rivais antes que os três heróis de seu time morram, é essencial que sua equipe possua ao menos um modo de recuperar a energia perdida entre os tiroteios. Um time formado apenas por personagens de assalto teria desvantagem contra um time balanceado.

Overwatch: quanto mais personagens com escudos e regeneração de vida, melhor (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: quanto mais personagens com escudos e regeneração de vida, melhor (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Um bom trio deixaria "Mercy" ou "Zenyatta" bem protegidos atrás de uma dupla poderosa, mas também é uma boa ideia “dobrar” os seus escudos em alguns contextos: "Zarya" é um ótimo complemento aos suportes, pois pode criar escudos temporários para livrá-los de encrenca. A pequena cura proporcionada pelo "Soldado 76" também pode ser bem utilizada para tirar o seu suporte de perigo.

A união faz a força

Overwatch: Só vale a pena ser individualista no modo 1v1 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: Só vale a pena ser individualista no modo 1v1 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

A pior forma de jogar no Ecoponto Antártica é espalhando sua equipe e permitindo que cada herói vá para um ponto diferente do mapa. Mesmo que você seja um jogador quase profissional de Overwatch, são grandes as chances do time rival estar agrupado, o que colocará seu personagem em ampla desvantagem.

Bancar o lobo solitário é muito improdutivo, então evite tirar onda de Rambo. Em vez disso, seja esperto: caso o seu trio bata de frente com o trio inimigo, tente fazer com que um personagem rápido fuja da luta, dê a volta e trucide o time rival pelas costas. O teleporte e invisibilidade de Sombra são muito úteis, mas os saltos de "Tracer" pelo tempo e espaço também dão conta do recado.

Overwatch: procure sempre trabalhar em equipe no 3v3 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: procure sempre trabalhar em equipe no 3v3 (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Entrando numa fria

A parte central do Ecoponto Antártica possui algumas pequenas casas. Como elas estão cercadas por campos um tanto abertos, não é uma boa ideia andar por ali, já que inimigos o avistarão facilmente a partir de construções mais altas nas laterais. Mesmo assim, não ignore essa parte do terreno.

Decorar onde ficam as entradas e saídas centrais do mapa, não oferece apenas uma ótima rota de fuga, como também permite criar novas armadilhas. Tente manipular um inimigo e faça com que ele siga seu personagem até o centro. Então aproveite seu domínio do mapa para dar a volta e dar cabo dos oponentes desavisados.

Overwatch: O Ecoponto Antártica foi lançado junto com a popular personagem Sombra (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)Overwatch: O Ecoponto Antártica foi lançado junto com a popular personagem Sombra (Foto: Reprodução / Thomas Schulze)

Overwatch pode destronar Call of Duty e Battlefield no gênero FPS? Comente no fórum do TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.