As primeiras horas da "pré-Black Friday" foram tranquilas com poucas queixas e sites suportando a demanda de acesso, sem ficarem fora do ar. O Reclame Aqui — que recebe queixas e oferece um ranking das lojas mais reclamadas — somava pouco mais de 150 protestos de consumidores por volta da meia-noite. O monitoramento de problemas começou as 18h de quinta-feira (24), mas a lojas iniciaram os descontos bem antes disso, trabalhando com a chamada "black week" dias antes do evento.
Desconto falso? Troque dicas com usuários do Fórum do TechTudo.
Segundo levantamento do site, neste período, as menções do termo Black Friday nas redes sociais cresceram — sendo 57,01% positivas e 42.9% negativas. A maioria, entretanto, é sobre propaganda enganosa, a famosa "metade do dobro" ou "black fraude", quando lojas sobem os preços dos produtos para oferecer descontos nem sempre atraentes aos consumidores gerando queixas.
Segundo Reclame Aqui, menções sobre Black Friday nas redes sociais são de maioria positiva (Foto: Reprodução/ReclameAqui)
Asdez mais reclamadas
No ranking das dez empresas com mais queixas no Reclame Aqui até a 0h estão, nesta ordem: Kabum, Netshoes, Americanas, Extra, Submarino, Walmart, Casas Bahia, Decolar, Dominos Pizza e Fast Shop. As lojas cujo mascote do site está em verde, embora tenham recebido muitas queixas, prestaram bom atendimento, segundo os próprios consumidores. Outras cores representam, como um alerta, o humor do consumidor (amarelo, vermelho, azul e roxo) em relação ao atendimento das reclamações.
>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.