Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Uma pesquisa da Microsoft revela que grande parte dos brasileiros já foi exposta a pelo menos um risco online, como o doxxing — abreviação do termo “dropping box”, que pode ser interpretado como “liberação de documentos”. O abuso é temido por mais de 50% dos usuários no Brasil e gera mais preocupações com as consequências do que os riscos de danos à reputação pessoal ou discriminação.

O que fazer em caso de bullying e assédio no Facebook

O dado é resultado do Índice de Cidadania Digital feito pela Microsoft e revelado no último 7 de fevereiro, Dia da Internet Segura, junto a campanha “Por Uma Internet Melhor”. O estudo também aponta que interações negativas online podem gerar perda de confiança e privação do sono e que 67% dos usuários não sabem como conseguir ajuda caso sejam expostos na web.

Pesquisa da Microsoft revela os maiores riscos em ambientes online (Foto: Reprodução/Pond5)Pesquisa da Microsoft revela os maiores riscos em ambientes online (Foto: Reprodução/Pond5)

A pesquisa

Para examinar as reações de usuários mundiais quanto a interações online, o Índice de Cidade Digital, realizado em junho de 2016, entrevistou jovens e adultos de 13 a 74 anos de 14 países, entre eles o Brasil. Os participantes foram convidados a responder perguntas sobre riscos e exposições que têm ocorrido em suas vidas e quais as consequências dos atos que cada um presencia.

O resultado foi dividido em quatro áreas problemáticas: reputação, comportamento, sexo e pessoal/intrusivo. Esta última apresentou a maior taxa de riscos dos usuários (50%) e inclui o problema mais citado pelas pessoas ouvidos pela pesquisa: contato indesejado (43%).

Brasil em risco

No total foram apresentados 17 riscos que as pessoas passam no ambiente online e a média mundial de contato com eles foi de 2,2. Entretanto, no caso do Brasil o número ficou acima dos resultados internacionais na maioria das ameaças: 71% dos entrevistados no país afirmam já terem sido expostos a pelo menos um risco. Destes, 67% sofreram alguma consequência após a situação. Além disso, o doxxing mostrou ser a maior preocupação de 59% dos brasileiros.

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

O que é doxxing?

Como já citado, o termo doxxing pode ser traduzido como uma “liberação de documentos”. A ação é uma forma de chantagem para revelar informações pessoais e sensíveis sobre alguém como endereço, telefone e fotos comprometedoras. Muitas pessoas públicas, principalmente políticos, já foram vítimas da ameaça, que tem como objetivo destruir a reputação do usuário online.

E nos outros países?

Em escala global, 50% dos entrevistados demonstram muita preocupação com a vida online, mas 62% não sabe como conseguir ajuda em casos de exposição. Neste ponto, dependendo da consequência, diversos países já possuem leis para procurar e punir os responsáveis pela ação.

As principais ameaças que os usuários do mundo todo relatam é o contato indesejado, o tratamento de forma maldosa, a trolagem e o recebimento de mensagens sexuais indesejadas. Na lista completa também estão problemas como assédio online, discurso de ódio e cyberbullying.

Os maiores níveis de civilidade digital foram identificados no Reino Unido, na Austrália e nos Estados Unidos. Já os resultados mais alarmantes vieram da África do Sul, do México e também da Rússia.

Mais de 70% dos brasileiros já foram expostos a algum risco (Foto: Reprodução/Pond5)Mais de 70% dos brasileiros já foram expostos a algum risco (Foto: Reprodução/Pond5)

“Aconteceu comigo”

Os 17 riscos que a pesquisa da Microsoft resultou pertencem a pelo menos um grupo entre: reputação, pessoal/intrusivo, comportamental ou sexual. Confira a lista completa das ameaças mais citadas:

1) Contato indesejado – 43%
2) Tratado de forma maldosa – 22%
3) Trolagem – 21%
4) Receber mensagens sexuais indesejadas – 21%
5) Assédio online – 17%
6) Discurso de ódio – 16%
7) Pedido sexual – 15%
8) Enviar mensagens sexuais indesejadas – 12%
9) Doxxing – 12%
10) Discriminação – 10%
11) Cyberbullying – 9%
12) Dano à reputação pessoal – 8%
13) Dano à reputação profissional – 4%
14) Extorsão sexual – 3%
15) Revenge porn – 3%
16) Trote – 3%
17) Recrutamento terrorista – 1%

Por Uma Internet Melhor

A campanha digital da Microsoft tem como objetivo incentivar que cada um, no ambiente online, seja tratado com respeito e dignidade. Para isso, a empresa revelou alguns princípios a serem seguidos, entre eles: tratar os outros como gostaria de ser tratado e respeitar as diferenças.

A Microsoft também aconselha que os usuários pensem antes de se manifestar na Internet, afinal alguns termos e abordagens podem ofender, prejudicar ou até mesmo ameaçar a segurança do próximo, que deve ser protegido e apoiado caso seja vítima de uma ação virtual.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.