Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O NES, ou Nintendinho, é lembrado até hoje por muitos fãs como um dos melhores consoles já lançados graças a sua variedade de jogos. Mas, além de clássicos como Super Mario Bros., Tetris e The Legend of Zelda, o aparelho recebeu alguns games que merecem ser esquecidos.

Testamos o NES Classic, novo modelo mini do console Nintendinho

Entre jogos de pintura, revistas virtuais, RPGs "bizarros" e títulos de esporte com regras alteradas, é possível encontrar cartuchos que decepcionaram os donos do Nintendinho por todo o mundo. Confira a lista com os piores games já lançados para o NES.

Lista reúne os piores jogos do NES (Foto: Reprodução/Murilo Molina)Lista reúne os piores jogos do NES (Foto: Reprodução/Murilo Molina)

Color a Dinosaur

Graças às limitações de hardware, os jogos de NES costumavam ser mais simples, com mecânicas menos elaboradas. O problema, entretanto, aparece quando os desenvolvedores resolvem resumir um dos títulos a um mini game de pintura de dinossauros.

Em Color a Dinosaur, os jogadores não têm nenhum objetivo ou missão. A única opção é pintar os desenhos de dinossauros usando uma ferramenta similar ao Paint. Além disso, não se pode salvar as pinturas para mostrar para os amigos.

Color a Dinosaur (Foto: Divulgação)Color a Dinosaur está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

Deadly Towers

Deadly Towers se tornou popular por ser um dos piores games já lançados. O título chegou ao NES em 1986, e já deixou jogadores curiosos pelo seu ângulo de câmera esquisito, que se alternava entre ambientes com progressão vertical e horizontal.

Para piorar, o game não conta com um mapa para situar os jogadores, que facilmente se perdem pelos ambientes repetitivos. Matar os inimigos também é um horror, já que é necessário acertá-los dezenas de vezes.

Deadly Towers (Foto: Divulgação)Deadly Towers está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

Barbie

Inspirado na boneca mais famosa do mundo, o game para Nintendinho falhou ao tentar reproduzir o universo mágico de Barbie no console. Com gráficos de péssima qualidade e efeitos sonoros irritantes, o game é capaz de tirar qualquer um do sério.

A situação só piora com a jogabilidade do título, muito lenta e complicada. Os cenários são repletos de obstáculos prontos para detonar a boneca, como roupas voadoras, raquetes assombradas e outras bizarrices.

Barbie (Foto: Divulgação)Barbie está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

X-Men

A versão de X-Men para NES acumula milhares de jogadores frustrados pela péssima escolha na hora de comprar um novo game. Apesar da boa variedade de personagens e até mesmo um modo multiplayer cooperativo, o jogo é tão problemático que simplesmente não merece atenção.

Cenários repetitivos, pouca variedade de golpes e gráficos horroroso são só alguns dos defeitos do jogo. Outro ponto negativo é o nível de dificuldade cruel, que rapidamente acaba com os personagens.

X-Men  (Foto: Reprodução/YouTube)X-Men está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Reprodução/YouTube)

Bad Street Brawler

Bad Street Brawler parece até divertido, mas não é preciso mais do que alguns minutos para se estressar com a jogabilidade repetitiva do título, lançado pela Beam Software em 1987.

Os gráficos são feios e amarelados, e os controles sofrem com atrasos que impossibilitam qualquer tentativa de não ser atingido. A única saída é se abaixar e e torcer para que os inimigos não se aproximem.

Bad Street Brawler (Foto: Divulgação)Bad Street Brawler está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

The Legend of Kage

O jogo de ninjas para Nintendinho tem um dos gráficos mais feios de todo o console, com direito a fundos sem textura e cenários confusos. A trilha sonora aguda machuca os ouvidos quando se ouvia por mais de alguns minutos.

No mais, a jogabilidade se resume a “deslizar” pelas fases girando espadas para acabar com ninjas inimigos de cores diferentes. O grande problema é que não são necessários muito mais do que dez minutos para terminar o jogo, que só tem um nível de dificuldade.

The Legend of Kage (Foto: Divulgação)The Legend of Kage está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

Where’s Waldo

Lembra da série de livros ilustrados “Onde Está Wally?”, onde o objetivo era encontrar o protagonista escondido nos cenários, em meio a centenas de outros personagens? Alguém teve a ideia de transformar isso em um jogo para Nintendinho.

O problema é que, além de tedioso, o game não funciona muito bem. Em alguns casos é muito complicado identificar o personagem nas telas pixeladas. Há também fases com bugs que fazem Wally desaparecer completamente.

Where’s Waldo (Foto: Divulgação)Where’s Waldo (Foto: Divulgação)

Bill & Ted’s Excellent Adventure

Baseado no filme de 1989 que estrelou Keanu Reeves, Bill & Ted’s Excellent Adventure é uma verdadeira aula de como não fazer um game. Apesar das boas intenções, o título simplesmente não funciona e é capaz de estressar o mais paciente dos jogadores.

A variedade de missões é explicada de forma superficial, e deve confundir todo e qualquer jogador disposto a experimentar o título. Problemas com controles também são frequentes, o que torna a experiência desesperadora.

Bill & Ted’s Excellent Adventure (Foto: Divulgação)Bill & Ted’s Excellent Adventure está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

Fist of the North Star

O jogo do mangá lembra, em diversos momentos, jogos do Atari, graças aos gráficos de péssima qualidade. Mesmo com as mecânicas um tanto simples (andar e bater em personagens), é um pouco complicado mover o personagem, especialmente durante os saltos, que são muito altos e descontrolados.

As lutas contra chefes também estão entre as piores de todos os tempos, já que em diversos momentos os personagens ficam parados enquanto o jogador os golpeia.

Fist of the North Star (Foto: Divulgação)Fist of the North Star está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

10-Yard Fight

O game de futebol americano tinha tudo para dar certo no NES, até que, por algum motivo inexplicável, resolveram alterar completamente as regras do mais tradicional dos esportes americanos.

O resultado é uma versão "bizarra" do esporte, com times reduzidos, sistema de pontuação modificado e efeitos sonoros dos atletas que são os únicos ruídos do game.

10-Yard Fight (Foto: Divulgação)10-Yard Fight está na lista dos piores jogos do NES (Foto: Divulgação)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.