Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

The Walking Dead: Above the Law é o terceiro capítulo da terceira temporada da série da Telltale Games. Lançado para PC, PS4, Xbox One, Android e iOS, o adventure é um drama interativo focado em escolhas morais e diálogos envolventes. Confira a análise completa com prós e contras e descubra como ela se compara aos episódios anteriores:

Confira a análise dos primeiros episódios de The Walking Dead A New Frontier

Anteriormente, em The Walking Dead…

A terceira temporada da aclamada franquia The Walking Dead começou com o promissor episódio duplo Ties That Bind. Quase três meses depois, finalmente a continuação Above the Law foi disponibilizada, continuando a história exatamente de onde ela tinha parado.

The Walking Dead: Above the Law continua a trama exatamente de onde ela parou (Foto: Divulgação/Telltale Games)The Walking Dead: Above the Law continua a trama exatamente de onde ela parou (Foto: Divulgação/Telltale Games)

Sem entregar maiores spoilers, o capítulo começa mostrando a chegada do novo protagonista Javier e sua aliada Clementine a Richmond, o que obviamente traz uma série de novas dificuldades e dilemas para a dupla e seu grupo de sobreviventes aliados.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Dilema do meio de temporada

Como típico episódio de meio de temporada, Above the Law demonstra alguns sinais de "barriga". Ou seja, não espere encontrar momentos extremamente marcantes ou definidores de rumo para a trama que se desenrola, já que boa parte da jornada se resume a um competente desenvolvimento para a história geral.

Como nos primeiros episódios, Above the Law continua fazendo uso de flashbacks pontuais interativos para amarrar pontas soltas e elaborar mais profundamente os temas abordados, o que funciona magistralmente.

The Walking Dead: Above the Law tem flashbacks que ajudam a revelar a trama (Foto: Divulgação/Telltale Games)The Walking Dead: Above the Law tem flashbacks que ajudam a revelar a trama (Foto: Divulgação/Telltale Games)

Linear demais

Pelo lado negativo, entre todos os jogos e capítulos já lançados pela Telltale, Above the Law é certamente uma das histórias mais lineares já contadas pela empresa. Em cerca de duas horas a trama é concluída, dando pouca ou nenhuma liberdade para esticar a jornada.

Embora parte disso seja um “problema” inerente ao próprio estilo de jogo, este episódio exacerba as limitações do formato ao apresentar menos diálogos opcionais e áreas muito fechadas, sem chances de exploração do cenário.

The Walking Dead: Above the Law sofre por sua linearidade exacerbada (Foto: Divulgação/Telltale Games)The Walking Dead: Above the Law sofre por sua linearidade exacerbada (Foto: Divulgação/Telltale Games)

Capricho nas vozes

Mantendo a tradição, Above the Law apresenta um excelente elenco de dubladores, que ajudam a tornar os personagens ainda mais críveis e simpáticos. Tal imersão é essencial para que o jogador acredite na história contada, e felizmente todas as peças se encaixam bem, inclusive os novos personagens.

O visual estilizado continua bem fiel ao visto nas histórias em quadrinhos de Robert Kirkman, a maior inspiração dos jogos, mas sua trama segue independente dos eventos vistos nos gibis e série de televisão.

The Walking Dead: Above the Law capricha com seu elenco de dubladores (Foto: Divulgação/Telltale Games)The Walking Dead: Above the Law capricha com seu elenco de dubladores (Foto: Divulgação/Telltale Games)

Melhorias técnicas

O longo hiato entre o segundo e terceiro episódios parece ter sido bem aproveitado pela Telltale que, ao menos no que diz respeito ao departamento técnico, conseguiu entregar o seu jogo com melhor performance até agora.

Não é segredo que a engine utilizada pela empresa costuma apresentar diversos travamentos e engasgadas mas, em Above the Law, o problema está bem atenuado. Mesmo sem alcançar a perfeição, é certamente um passo na direção certa.

The Walking Dead: Above the Law apresenta melhorias na engine (Foto: Divulgação/Telltale Games)The Walking Dead: Above the Law apresenta melhorias na engine (Foto: Divulgação/Telltale Games)

Conclusão

The Walking Dead: Above the Law é mais uma boa história da terceira temporada. Embora peque por ainda não dar um foco claro à narrativa de New Frontier, nem apresentar áreas mais abertas para exploração ou escolhas morais complexas, seus personagens cativantes continuam bem construídos. Até a instável engine da Telltale parece estar em sua melhor forma desta vez, apresentando menos travamentos que o habitual.

O que você acha dos jogos de Walking Dead? Comente no fórum do TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.