A Canonical, empresa responsável por manter e atualizar o Ubuntu, anunciou esta semana que está desistindo dos celulares com o Ubuntu Phone. O Ubuntu é a distribuição Linux mais usada no mundo e Mark Shuttleworth, fundador da Canonical, queria aproveitar a relevância do software e atuar também no disputado mercado de celulares e tablets.
Canonical corrige 15 falhas no núcleo no Ubuntu; saiba atualizar kernel O Ubuntu para smartphones, como ficou conhecida esta versão do sistema, começou a ser desenvolvido por volta de 2010 e tinha uma proposta bem ousada: unificar o sistema operacional em diferentes plataformas, como PCs desktops, celulares, tabletes e até Smart TVs.
Gnome vai voltar para o Ubuntu 18.04 LTS (Foto: Divulgação/Canonial)
Para que o Ubuntu Phone fosse possível, a Canonical resolveu mudar a interface padrão do sistema operacional. O tradicional e bem aceito visual Gnome foi trocado pela nova interface Unity, inovadora para época.
Visando atrair mais os usuári...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.