Estamos a poucos dias da Páscoa e a procura por ovos e barras de chocolate para presentear parentes e amigos segue a todo vapor. É claro que, em época de crise econômica, a busca por descontos também nunca esteve tão forte: de acordo com o levantamento do comparador de preços Zoom feito em março, o preço médio do ovo de Páscoa em 2017 é de R$ 40,20. Achou caro? Acredite, você não é o único.
Por esse motivo, diversos consumidores procuram na internet uma forma de comprar produtos mais baratos. As opções variam de encomendas via mensageiros e redes sociais até aplicativos para achar descontos em supermercados. No entanto, o aumento das buscas por esses presentes nessa época do ano não desperta apenas o coelhinho. O desejo de economizar nas compras pode levar muitas pessoas a caírem em golpes virtuais, como o que usou o nome da Kopenhagen para enganar mais de 300 mil usuários do WhatsApp. Golpes no WhatsApp e Facebook: ingenuidade é a arma dos criminosos
Internautas fazem verdadeira caçada pelo itens de chocolate com o melhor preço (Foto: Pixabay) Cibercriminosos, que agem contra o significado da Páscoa, aproveitam-se de ocasiões especiais para disseminar falsas promoções que podem deixar você no prejuízo. O grande perigo desses a...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.