Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Jogamos Quake Champions em um período de testes fechado. O game ainda não tem previsão de lançamento, mas testes da versão beta de Quake Champions têm sido realizados para finalizar o FPS em diversas áreas, desde a jogabilidade, estabilidade de servidores até mecânicas.

Outro destaque da semana foi Outlast 2, sequência do popular jogo de terror, que foi analisado completamente no review do TechTudo. O game é violento e repleto de tensão, e tudo isso representado com belos gráficos. Confira nosso resumo com as principais matérias da semana.

Quake Champions foi um dos destaques da semana (Foto: Divulgação/Bethesda)Quake Champions foi um dos destaques da semana (Foto: Divulgação/Bethesda)

Quake Champions foi um dos destaques da semana (Foto: Divulgação/Bethesda)

Sábado e Domingo

No sábado publicamos nossa opinião de Thicker Than Water, quarto capítulo do game The Walking Dead: A New Frontier, da Telltale. O capítulo, o penúltimo dessa terceira temporada, segue o padrão de outros títulos, "preparando o terreno" para o último episódio, mas pecando pelo ritmo lento. Quer saber mais detalhes? Então veja a nossa opinião completa de The Walking Dead: Thicker Than Water.

No domingo saiu a análise Styx: Shards of Darkness, sequência do jogo de furtividade lançado em 2014. O novo capítulo chega com gráficos melhores, apesar de não ser algo primoroso. O gameplay tem falhas que podem incomodar, como saltos pouco precisos, e o enredo deixa a desejar, apesar de trazer boas falas de Styx. Veja todos os detalhes no review completo de Styx: Shards of Darkness.

Styx: Shards of Darkness: confira o nosso review (Foto: Divulgação/Cyanide)Styx: Shards of Darkness: confira o nosso review (Foto: Divulgação/Cyanide)

Styx: Shards of Darkness: confira o nosso review (Foto: Divulgação/Cyanide)

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Segunda

Dois novos guias para Starbound, jogo para computadores que pode ser comprado via Steam e GOG foram publicados. No primeiro ensinamos os melhores cheats para o game, enquanto que no segundo listamos os melhores MODs para Starbound, entre eles um que permite usar armas de Dark Souls no game, e outro que traz robôs a serem pilotados.

Space Engineers é um "jogo de estilo sandbox envolvendo engenharia, construção, exploração e sobrevivência no espaço e em outros planetas", como diz sua descrição no Steam. Ele está em acesso antecipado desde 2013, mas já tem bastante conteúdo e modificações. Pensando nisso, publicamos uma matéria especial onde listamos os melhores mods para download para Space Engineers. Em dúvida sobre como instalar os MODs? Então confira um outro guia onde ensinamos como fazer download de modificações para o game Space Engineers.

Confira os melhores mods para Space Engineers (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)Confira os melhores mods para Space Engineers (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)

Confira os melhores mods para Space Engineers (Foto: Reprodução/Tais Carvalho)

Terça

O grande destaque do dia foi a publicação de nossas opiniões preliminares de Quake Champions, nova versão da histórica franquia de tiro. O game está previsto para sair ainda em 2017, mas sem uma data definida. No momento estão sendo realizados diversos testes fechados com a versão beta de Quake Champions, e o TechTudo pode participar de um deles.

O teste de Quake Champions do qual participamos trazia nove personagens, duas fases e dois modos de jogo: Deathmatch e Team Deathmatch. O game será disponibilizado gratuitamente, mas com compras de personagens e itens. Haverá uma moeda virtual, que pode ser obtida realizando determinadas missões. Confira todos os detalhes da versão beta de Quake Champions.

Momento de tiroteio no game (Foto: Reprodução/André Mello)Momento de tiroteio no game (Foto: Reprodução/André Mello)

Momento de tiroteio no game (Foto: Reprodução/André Mello)

Quarta

Como falamos acima, o beta de Quake Champions trazia nove personagens diferentes, cada um com suas habilidades únicas, algo similar a Overwatch. Confira os detalhes de todos os personagens dessa fase beta de Quake Champions, com uma descrição das principais características de cada um.

Analisamos Outlast 2, sequência do jogo de terror lançado em 2013. A nova versão está disponível para PS4, Xbox One e PC (via Steam). Os gráficos estão muito detalhados e mais refinados que o game anterior, assim como a sonoplastia do título, um dos pontos positivos. Juntas, visual e som acabam aumentando bastante a tensão. O game é extremamente violento, chegando a ser perturbador, e fortemente contra-indicado para menores de idade. Veja esses e outros detalhes de Outlast 2 no review completo.

Outlast 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Red Barrels)Outlast 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Red Barrels)

Outlast 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Red Barrels)

Quinta

Analisamos Dragon Quest Heroes 2, novo game de RPG de ação que está disponível para PS4, PS3, PS Vita, PC (via Steam) e Nintendo Switch. O game segue a fórmula que mistura Dynasty Warriors e Dragon Quest, trazendo "combates dinâmicos e divertidos". O game traz uma "estrutura de mundo aberto", com "uma espécie de área social" que conecta missões e áreas do game. Confira o review completo de Dragon Quest Heroes 2.

Dragon Quest Heroes 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Square Enix)Dragon Quest Heroes 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Square Enix)

Dragon Quest Heroes 2: confira o review do game (Foto: Divulgação/Square Enix)

Sexta

Durante toda a história dos videogames, diversos acessórios foram lançados. Muitos prometiam alterar o rumo da indústria ao oferecerem novas formas de interação. Mas, com o passar do tempo, vários deles foram deixados de lado, como óculos 3D, armas de plástico e expansões de memória. Confira uma lista com outros acessórios clássicos que 'sumiram' nos videogames modernos.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild já pode ser considerado um dos melhores games do ano. Uma das novidades na franquia é o uso de vozes para dublar os personagens. Entretanto, muitos usuários reclamaram da versão norte-americana do game, e ainda mais por não ser possível alterar o idioma da dublagem. Esta semana, a Nintendo liberou uma atualização para alterar o áudio de The Legend of Zelda Breath of the Wild.

Como mudar o áudio de The Legend of Zelda Breath of the Wild (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)Como mudar o áudio de The Legend of Zelda Breath of the Wild (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Como mudar o áudio de The Legend of Zelda Breath of the Wild (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.