Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Storage Sense (ou Sensor de Armazenamento, em português) é uma função nativa do Windows que ajuda a recuperar espaço em disco de forma automática. Com o recurso, um usuário pode descobrir qual a quantidade de memória do sistema operacional que está sendo ocupada por cada tipo de arquivo individual e escolher em qual mídia de armazenamento deseja salvar seus aplicativos, documentos, músicas, fotos e vídeos por padrão.

É possível usar a ferramenta para monitorar e liberar, automaticamente, espaço de armazenamento em seu computador. Assim como excluir arquivos antigos, monitorar tipos de arquivos específicos, entre outras funções muito úteis.

Entenda o que é Storage Sense no Windows e como usá-lo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Entenda o que é Storage Sense no Windows e como usá-lo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Entenda o que é Storage Sense no Windows e como usá-lo (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Aplicativo do TechTudo: receba notícias de tecnologia no celular

Liberar espaço em disco pode ser uma tarefa difícil e que requer organização por parte do usuário. O Storage Sense automatiza boa parte do processo. A Microsoft lançou o Storage Sense como parte do Windows 10 original em 2015, embora tenha sido parte do Windows Phone desde os dias da versão 8.1. Agora, o Windows 10 Creators Update trouxe uma atualização para o recurso Storage Sense, tornando-o uma ferramenta ainda mais completa e mais simples.

Como usar o Storage Sense

Existem duas formas de usar o Storage Sense: é possível optar por ativar o recurso e executar com as configurações padrão do Windows, ou personalizá-lo para atender às suas necessidades pessoais. Para ativá-lo, siga os passos:

Passo 1. Acesse as configurações do Windows. Para isso, clique no menu Iniciar e depois no ícone da engrenagem;

Acessando as configurações do Windows 10 (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Acessando as configurações do Windows 10 (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Acessando as configurações do Windows 10 (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 2. Em "Configurações do Windows", clique na opção "Sistema";

Acessando a opção Acessando a opção

Acessando a opção "Sistema" nas configurações do Windows 10 (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 3. Na tela que será exibida, clique na guia "Armazenamento";

Entrando na guia Entrando na guia

Entrando na guia "Armazenamento" (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 4. Em seguida, ative o recurso "Sensor de armazenamento" clicando no controle para mudar seu status de "Desativado" para "Ativado".

Ativando a opção Ativando a opção

Ativando a opção "Sensor de armazenamento" (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Ajustar as configurações do Storage Sense

Para que o Storage Sense funcione de forma diferente dos padrões pré-configurados, existem algumas opções para personalizá-lo.

Passo 1. Faça o caminho "Iniciar", "Configurações", "Sistema", "Armazenamento" e "Sensor de Armazenamento". Desta vez, clique na opção "Alterar o modo de liberar espaço";

Acessando a opção Acessando a opção

Acessando a opção "Alterar o modo de liberar espaço" (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 2. Em "Alterar o modo de liberar espaço", é possível excluir arquivos antigos da Lixeira. Exclua apenas os arquivos temporários que seus aplicativos não estão usando ou exclua os dois. Um pouco mais abaixo na página, há também uma terceira opção chamada "Liberar espaço agora". Se você clicar no botão "Limpar agora", o Storage Sense executará as ações de limpeza imediatamente;

Alterando o modo de liberar espaço em disco (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Alterando o modo de liberar espaço em disco (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Alterando o modo de liberar espaço em disco (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 3. De volta a tela "Sensor de Armazenamento", clique na opção "Alterar onde o novo conteúdo foi salvo". Na tela que será exibida, você poderá escolher a localização onde determinados tipos de aplicativos e conteúdos serão salvos. É possível usar essa opção para salvar arquivos em discos externos;

Alterando a localização onde novos conteúdos serão salvos (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)Alterando a localização onde novos conteúdos serão salvos (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Alterando a localização onde novos conteúdos serão salvos (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Passo 4. Por fim, volte para a tela "Sensor de Armazenamento" e clique em "Gerenciar Espaços de Armazenamento". Nessa nova tela, você poderá criar pools de unidades para salvar arquivos em dois ou mais discos. Qualquer conteúdo salvo será adicionado a ambas as unidades, protegendo você contra a falha de unidade e exclusão acidental. Basta clicar em "Criar um novo pool e espaço de armazenamento".

Iniciando a criação de um Iniciando a criação de um

Iniciando a criação de um "pool" e espaço de armazenamento (Foto: Edivaldo Brito/TechTudo)

Qual o melhor Windows de todos os tempos? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.