Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

A HyperX, divisão gamer da Kingston, está mesmo focando seus esforços em entregar produtos bem competitivos para o sempre exigente público gamer. Nessa "briga", especialmente com a concorrente Razer, a fabricante trouxe no ano passado para o Brasil o excelente headset Cloud Revolver S e seu primeiro teclado mecânico, o Alloy FPS.

O headset é um upgrade do Cloud Revolver, mas que também traz o recurso de "Palco Sonoro", ou seja, é possível ouvir melhor inimigos ou o ambiente a sua volta durante o gameplay. Quem joga games de tiro sabe bem da importância deste recurso (para não correr o risco de morrer pelas costas na "faquinha"). A versão S deste modelo acompanha um cabo extensor para áudio 7.1 Dolby e cancelador de ruídos para o microfone.

Headset gamer Cloud Revolver S é bem confortável e tem som de qualidade (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Headset gamer Cloud Revolver S é bem confortável e tem som de qualidade (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Headset gamer Cloud Revolver S é bem confortável e tem som de qualidade (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Já o teclado mecânico Alloy FPS, como o próprio já diz, tem um objetivo claro: ser o braço direito para jogadores de games de ação e tiro, mas ele também cumpre seu papel em outros gêneros. Compacto e com base antiderrapante, o Alloy traz um conjunto especial de teclas vermelhas para substituir as letras A, W, S e D, além dos número de 1 a 4. O material dessas teclas especiais ajudam a evitar que os dedos deslizem por acidente na hora do jogo.

O TechTudo testou os dois produtos e mostra abaixo suas impressões:

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Cloud Revolver S traz conforto e som de qualidade para o gameplay

Apresentado pela primeira vez na CES 2017, em janeiro, a evolução do antecessor Cloud Revolver conta com surround Dolby 7.1 plug and play, ou seja, é possível desfrutar de um som quase de cinema sem a necessidade de instalar softwares para isso. Para usar o recurso é só conectar o cabo do fone com a caixinha 7.1 (um plugue de 3.5mm ou P2) e a outra ponta ao computador ou videogame (uma saída USB).

Usar o headset por um longo período de tempo não traz muito desconforto, talvez apenas se você usar óculos também. Feito com um arco metálico, plástico resistente e almofadas auriculares que se moldam às orelhas, o Revolver S - apesar do tamanho - tem um visual pouco chamativo (o que pode ser um ponto positivo para algumas pessoas) e é bem leve para um fone gamer, pesando 360g. Por vezes é fácil esquecer que se está usando o headset, que se ajusta naturalmente a sua cabeça.

Kit do HyperX Cloud Revolver S (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)Kit do HyperX Cloud Revolver S (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Kit do HyperX Cloud Revolver S (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

Durante os testes no PS4, por exemplo, usamos o fone de duas maneiras: plugando a saída P2 direto no controle e depois usando o extensor, com a caixinha para o Dolby Virtual 7.1, direto na USB do videogame. Para o console foi mais confortável usar o headset direto no controle, sem o conector para o áudio 7.1, mas isso não significa que a experiência foi afetada. Ainda era possível ter um bom isolamento acústico e som de qualidade até mesmo para assistir filmes e ouvir música. A experiência com o extensor para o surround é um pouco melhor no PC, já que não há tanto o "perigo" de alguém tropeçar no fio entre o controle e o videogame, por exemplo.

Ao usar a caixinha de controle 7.1 é possível ajustar o som em três modos diferentes, usando os botões laterais, além de ligar e desligar o microfone - que é flexível, destacável e conta com redutor de ruídos, que apesar de não ser excelente, mantém uma boa qualidade durante as conversas.

É possível controlar três modos de som extras pela caixinha de controle para o áudio 7.1 (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)É possível controlar três modos de som extras pela caixinha de controle para o áudio 7.1 (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

É possível controlar três modos de som extras pela caixinha de controle para o áudio 7.1 (Foto: João Gabriel Balbi/TechTudo)

O HyperX Cloud Revolver S tem o preço sugerido pela fabricante de R$799,90, mas já é possível encontrá-lo um pouco mais barato. O custo pode parecer um pouco alto, mas vale a pena o investimento. Certamente este é o melhor headset do line-up da fabricante norte-americana.

Alloy FPS traz bom custo-benefício para um teclado mecânico

Também anunciado em 2016, o teclado gamer Alloy FPS tem um foco claro em jogos de ação, mas oferece a mesma precisão e conforto em outros gêneros. A primeira coisa que chama atenção é o seu tamanho compacto. Geralmente estamos acostumados com teclados mecânicos enormes, com uma das laterais só para botões de funcionalidades, além de apoio para os pulsos, na parte inferior. O Alloy reduz ao máximo o espaço que ocupa na mesa e ainda conta com uma base antiderrapente.

Teclado mecânico HyperX Alloy tem retroiluminação customizável (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)Teclado mecânico HyperX Alloy tem retroiluminação customizável (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Teclado mecânico HyperX Alloy tem retroiluminação customizável (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Além do conector destacável para ligar o teclado ao computador, o periférico também tem uma entrada para carregar aparelhos, como celular, tablets e câmeras. Não é possível, no entanto, usar esta entrada para transferência de arquivos (o que é uma pena). Com teclado retroiluminado em luzes vermelhas, o Alloy permite customizar - por meio de uma combinação simples de teclas - como as luzes vão reagir ao usar o teclado: é possível deixá-lo todo iluminado de forma uniforme, pulsando, a tecla só acender quando tocada e etc.

Falando em teclas, o kit do Alloy também acompanha teclas vermelhas especiais (e com mais aderência) para substituir as letras W, A, S e D, muito usadas para movimentar personagens nos jogos, e os números de 1 a 4 - algumas das principais teclas usadas na "quick bar", ou barra de ativamento rápido de funções (magias, armas, recursos…). A troca pode ser feita de maneira simples usando uma pinça que já vem na caixa.

É possível trocar algumas teclas de forma fácil para mais precisão (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)É possível trocar algumas teclas de forma fácil para mais precisão (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

É possível trocar algumas teclas de forma fácil para mais precisão (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Se você gosta de ouvir os barulhinhos ao digitar, o Alloy conta com teclas mecânicas do tipo Cherry MX Blue, que por sinal são as que têm os cliques mais altos. Sobre essa parte do som e da resposta mais rápida ou mais lenta das teclas mecânicas, você pode ler com detalhes neste especial do TechTudo, mas isso vai muito da experiência do usuário. Há quem goste mais dos sons das teclas e outros menos.

O teclado mecânico HyperX Alloy FPS tem preço sugerido de R$ 529,90. Novamente, o investimento pode ser um pouco caro para alguns jogadores, mas após testes extensivos foi possível comprovar a ótima qualidade do produto. No entanto, se você não faz tanta questão de ter um teclado mecânico é possível encontrar outros modelos muito bons, também para games, mas gastando menos.

Fone de ouvido Bluetooth: qual o melhor custo/benefício? Opine no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.