Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O LinkedIn anunciou nea quarta-feira (21), um novo recurso para o o sistema de busca interna que, em resumo, promete ajudar os membros do site a serem encontrados mais facilmente pelos recrutadores. Uma das funções permitirá que os donos dos perfis saibam quantas pessoas o encontraram seu currículo em pesquisas na rede social, tanto na versão web quanto no aplicativo para celular. Segundo a plataforma, as novidades chegam aos usuários ainda nesta semana.

Entre os recursos disponíveis, também será possível saber quais as companhias e os cargos dos recrutadores. Assim, o usuário poderá ser capaz de encontrar vagas abertas e saber se há uma boa oportunidade para se candidatar. Da mesma forma, o usuário poderá seguir o perfil da pessoa que está contratando para saber mais informações sobre o emprego sem precisar adicioná-la na sua rede.

Usuário conseguirá ver o número de pessoas que o encontrou na busca (Foto: Divulgação/LinkedIn)Usuário conseguirá ver o número de pessoas que o encontrou na busca (Foto: Divulgação/LinkedIn)

Usuário conseguirá ver o número de pessoas que o encontrou na busca (Foto: Divulgação/LinkedIn)

Aplicativo do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Quando as opções estiverem no ar, será possível até mesmo saber por quais palavras-chaves na busca o recrutador chegou até a nossa página pessoal.

O LinkedIn deu ainda uma série de dicas para quem não está sendo encontrado por empresas do seu ramo de atuação. Dentro do medidor de preenchimento de perfil, o usuário encontrará orientações que podem ajudar a melhorar o seu perfil, em cada uma das seções. Confira algumas dessas sugestões:

  • Assegure-se de que você tenha uma foto de perfil cadastrada. De acordo com o serviço, pessoas com fotos "recebem até 21x mais visualizações e 9x mais solicitações de conexão";
  • As pessoas que destacam seus cargos atuais "são descobertos até 16x mais em buscas de recrutador";
  • Quem possui mais de cinco habilidades cadastradas na rede tem "27x mais chances de serem descobertos nas buscas dos recrutadores".
  • Se incluir a cidade onde mora, o usuário poderá "se destacar até 23x nas pesquisas".

Conhecendo como as companhias estão procurando os profissionais de uma área específica, o usuário pode entender como otimizar o seu perfil para as buscas internas na plataforma de maneira a ser encontrado mais facilmente, semelhante como é feito em blogs e sites para o Google achar uma página na web.

LinkedIn é gratuito ou precisa pagar? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.