O ataque de um ransomware que afetou empresas da Europa e já chegou ao Brasil parece ainda longe do fim. A Posteo, empresa alemã provedora do e-mail utilizado para receber as credenciais de pagamento de resgate do golpe, decidiu bloquear a conta dos hackers.
Petya ou NotPetya? Com essa medida, mesmo que a pessoa/empresa esteja disposta a pagar os US$ 300 (cerca de R$ 1 mil) em bitcoins pela liberação dos arquivos bloqueados, não conseguirá enviar a confirmação do pagamento. A decisão foi publicada no blog oficial da Posteo, causa divergência entre especialistas e é no mínimo polêmica.
Serviço de e-mail Posteo decide bloquear contas dos hackers (Foto: Divulgação/Posteo) App do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no celular "Percebemos que os criadores do ransomware estavam usando um endereço Posteo como meio de contato. Nossa equipeverificou e bloqueou a conta imediatamente. Não havia cobertura da imprensa naquele momento. Nós não toleramos o uso indev...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.