Um novo conceito de drone criado pelo MIT pretende expandir os limites atuais das aeronaves, permitindo que elas também possam se mover em solo, enquanto não estiverem voando. O projeto envolve um robô equipado com um motor e rodas, alternando entre a terra e o ar, de acordo com o modo que for melhor para atravessar obstáculos.

O sistema pode ser usado para fazer entregas com maior eficiência e ainda está em fase de testes, sem previsão de ser usado em modelos comerciais de drones.

Além de hélices, drone possui motor e rodas para locomoção (Foto: Reprodução/MIT)

A pesquisa do MIT usou oito drones diferentes, cada um equipado com algoritmos de planejamento de rotas para evitar colisões e dois motores pequenos com rodas. A bateria é suficiente para aguentar voos de até 90 metros ou para percorrer 252 metros no solo.

O sistema foi capaz de atravessar obstáculos complexos, incluindo modelos de cidades que usavam tecidos e caixas de papelão para simular estradas e prédios. O modo de direção é mais lento, porém consome menos energia, enquanto o de voo permite maior mobilidade.

Aplicativo do TechTudo: receba as melhores dicas e últimas notícias no seu celular

Cada aeronave planeja sua rota independente das outras, identificando automaticamente o caminho de acordo com a eficiência de energia. O sistema, no momento, é capaz de suportar até 80 drones simultâneos.

... ss="content-media__gif-container__gif-icon">

Drone é capaz de andar no solo e voar de maneira autônoma (Foto: Reprodução/MIT)

Apesar de não haver uma estimativa de quando este tipo de veículo seja comercialmente viável, a pesquisa pode ser usada para, no futuro, criar carros voadores híbridos.

Via MIT e Engadget

Além da câmera, quais funcionalidades os drones poderiam ter? Comente no fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.