Depois de alguns vazamentos, a Nikon não teve muito recurso e revelou a nova D850, DSLR full-frame de alta resolução e que, de acordo com a marca, vai além dos 45,7 megapixels. A câmera tem processamento rápido, segundo a fabricante, além de ISO e dynamic range em escalas ainda não oferecidas antes em produtos da marca.
Tire suas dúvidas antes de comprar a câmera DSLR ideal para você Capaz de gravar em 4K, a câmera pode produzir fotos numa velocidade de até 9 quadros por segundo usando a resolução máxima. O preço sugerido é de US$ 3.300 (R$ 10.360, em conversão direta sem impostos).
D850 tem bom equilíbrio de recursos e performance (Foto: Divulgação/Nikon) Um dos grandes destaques deste modelo é a resolução, que sobe dos 36,2 megapixels da D810, para 45.7 megapixels. Outro destaque do sensor é a tecnologia de iluminação lateral (BSI) do CMOS, que deve contribuir para a captura de imagens com melhor alcance dinâmico (dynamic range). O alcance de ISO é de 64-25600 e a tecnologia de foco automático repete os 153 pontos de focalização já vistos na Nikon D5.
Câmera se destaca pela alta resolução, poder de processamento, ISO e alcance dinâmico (Foto: Divulgação/Nikon) Em termos de processamento, a DSLR emprega a última revisão do Expeed 5, que suporta a gravação de 4K a até 30 quadros por segundo. O uso desse processador também está relacionado com um ponto positivo de destaque da nova D850: a Nikon promete autonomia de até 1.840 fotos por carga, ou 70 minutos de gravação de vídeo sem precisar trocar ou recarregar a bateria. Para vídeo em 1080p, a câmera sobe a até 120 quadros por segundo e há inclusive suporte a timelapses em 8K usando o intervalômetro interno da câmera. A D850 também conta com uma tela sensível ao toque de 3.2 p...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.