O Windows oferece três maneiras de pausar a atividade do computador sem desligar. Uma delas, a suspensão híbrida, é pouco conhecida. Boa parte dos usuários recorrem à suspensão comum, que mantém programas abertos para usar depois; ou à hibernação, que fecha tudo menos o sistema operacional para durar um longo período sem desligar. O método híbrido é uma terceira via que une vantagens dos dois modos, e pode ser alternativa para usuários de PC que não desejam perder o trabalho em andamento. Saiba tudo.
Suspender, reiniciar ou hibernar? Entenda formas de desligar o PC
O que é modo de suspensão híbrida e como ativar no PC (Foto: Isabela Giantomaso/TechTudo)
Hibernação x Suspensão O usuário ativa normalmente uma das duas funções ao deixar de trabalhar no PC. Em notebooks, a mais comum é a suspensão, que consome pouca bateria e deixa todos os programas abertos ao fechar a tampa. Isso ocorre porque o método da suspensão não interfere na memória RAM, que continua sendo alimentada pela bateria ou pela fonte de energia do seu computador. Na hibernação, o computador transfere os dados da memória RAM para disco rígido para evitar perdas e entra em estado de consumo mínimo de energia. Esse modo impede que o corte de energia — como o fim da bateria do notebook ou a desconexão do cabo do desktop — apague informações não salvas. Em contrapartida, o computador demora mais tempo para religar vindo da hibernação.
Suspensão híbrida Na suspensão híbrida, o Windows se encarrega de usar os dois modos de pausa ao mesmo tempo e tende a ser mais eficiente. Assim como na suspensão comum, o sistema mantém os programas abertos na memória RAM para acesso rápido ao ligar o display. Mas, ao mesmo tempo, grava tudo também no HD como precaução para uma eventual falta de alimentação da rede elétrica. Com o modo híbrido, o usuário pode aproveitar a comodidade de abrir a tampa do notebook e voltar a usar o computador rapidamente. Ao mesmo tempo, se a bateria acabar as informações estarão devidamente preservadas no disco rígido ou no SSD.
Devo usar ou não? A suspensão híbrida é útil porque mantém os dados acessíveis e seguros ao mesmo tempo, mas pode trazer problemas para usuários de notebooks. O método é perigoso se o usuário costuma fechar a tampa do laptop e mover o aparelho logo em seguida – para colocar na mochila, por exemplo. Como a suspensão híbrida continua a gravar dados no HD, o mecanismo físico do disco pode apresentar problemas se for movimentado constantemente...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.