A Microsoft apresentou, na última terça-feira (22), o Project Brainwave (em português, projeto onda cerebral). A nova plataforma promete acelerar um sistema de Inteligência Artificial para torná-lo capaz de trabalhar em tempo real com a nuvem.
Inteligência artificial utiliza Wi-Fi para detectar seus sentimentos Fica mais fácil entender o intuito dessa plataforma se você observar as assistentes virtuais. Na maioria dos casos, quando você faz uma pergunta elas demoram alguns intantes para responder. Isso acontece porque a infraestrutura por trás da tecnologia não é tão potente, mas em sistemas de combate a fraudes, por exemplo, esse tempo pode custar muito caro.
Project Brainwave acelera sistemas de Inteligência Artificial (Foto: Divulgação/Microsoft) Por isso, o Project Brainwave tem como base os chips FPGA Stratix 10 da Intel, capazes de alcançar os 39,5 TFLOPs e latência de menos de 1 ms. Essa velocidade permite lidar com informações mais complexas, em tempo real e de forma ágil.
Intel FPGA Stratix 10 alcança os 39,5 TFLOPs (Foto: Divulgação/Intel) Além disso, a empresa informou que a plataforma usa uma engine para o processamento de rede neural dinâmica e que o Brainwave já suporta o Cognitive Toolkit e a Google TensorFlow. No entanto, o plano é aumentar a compatibilidade com outros sistemas de machine learning (aprendizagem de máquina...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.