Geralmente, as placas de vídeo top de linha possuem dimensões generosas e, como consequência, pode ser complicado utilizá-las em gabinetes mini tower. Para resolver este problema, a Gigabyte anunciou recentemente a GeForce GTX 1080 Mini (modelo GV-N1080IX-8GD), que promete ser a menor GPU do mundo.
Como montar um PC gamer barato em 2017; veja dicas Apesar de possuir apenas 169 mm de comprimento, ela não decepciona na performance. De fábrica, o equipamento traz um hardware similar ao modelo de referência da Nvidia, com exatos 1607 MHz de clock base e 1733 MHz em Boost. Porém, o modo OC permite que a placa alcance aproximadamente 1771 MHz.
Gigabyte GTX 1080 Mini é a menor 1080 do mundo (Foto: Divulgação/Gigabyte) Além disso, são 8 GB de memória GDDR5X operando a 10 GHz, 2.560 núcleos CUDA e suporte à tecnologia Nvidia Ansel, para que o usuário capture imagens em 360 graus. O resfriamento fica por conta de apenas um fan (ou ventoinha) de 90 mm e tubos de cobre com transferência de calor entre duas interfaces sólidas.
Gigabyte GTX 1080 Mini possui 8 GB de memória dedicada (Foto: Divulgação/Gigabyte)
Um ponto que chama atenção é o fato da GPU suportar o sistema AORUS Graphics Engine. Basicamente, este software permite que o usuário realize overclock de forma fácil e eficaz, extraindo o máximo de desempenho, sem precisar de conhecimentos específicos.
Gigabyte GTX 1080 Mini suporta quatro monitores ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Gigabyte) As portas DVI, DisplayPort 1.4 e HDMI 2.0 permitem conectar até quatro monitores...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.