Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Com a chegada do novo Threadripper 1900X, a AMD conta com uma opção de processador top de linha que pode ser comparada com os Core i7 “convencionais” da Intel. Um desses processadores é o 7700K, considerado top de linha entre os disponíveis da sétima geração.

Abaixo, você vai entender quais são os pontos fortes de cada um desses processadores, entender onde estão as diferenças entre eles e ter uma ideia sobre qual opção, se AMD ou Intel, é melhor para você e o seu bolso.

Especificações: Threadripper

A caixa da linha Threadripper chama atenção (Foto: Divulgação/AMD)A caixa da linha Threadripper chama atenção (Foto: Divulgação/AMD)

A caixa da linha Threadripper chama atenção (Foto: Divulgação/AMD)

A grande vantagem do processador da AMD nesse ponto, está no fato de que ele conta com oito núcleos, contra quatro da opção da Intel. Em geral, um maior número de núcleos significa que o processador é capaz de dar conta de mais tarefas num dado momento. Muitas vezes, uma contagem maior de núcleos até compensa um clock mais baixo.

E a tendência é que esse seja o caso entre essas duas CPUs; porque o i7 7700K, quad-core, tem velocidade maior do que a máxima do Threadripper 1900X: 4.5 contra 4 GHz.

Uma outra vantagem do processador da AMD está na contagem de cache em L3. São 20 MB no total, mais que o dobro dos 9 MB disponíveis no i7. O cache é um tipo de memória de alta velocidade acessada pelo processador durante o seu funcionamento e, em geral, quanto mais, melhor.

Sobre memória RAM, o 1900X tem ainda mais uma vantagem: trabalha com RAM DDR4 mais rápida, de 2666 MHZ, do que os 2333 MHz do i7.

Performance: Threadripper

900X completa a família Ryzen Threadripper (Foto:  Divulgação/AMD)900X completa a família Ryzen Threadripper (Foto:  Divulgação/AMD)

900X completa a família Ryzen Threadripper (Foto: Divulgação/AMD)

As primeiras comparações de desempenho e números obtidos pelo recém lançado Threadripper 1900X revelam um quadro típico entre os lançamentos de Intel e AMD ao longo do ano: as CPUs da Advanced Micro Devices se dão bem em tarefas que exigem vários núcleos de processamento, enquanto os processadores da Intel vão bem onde o uso de apenas um núcleo é necessário. Entretanto, do ponto de vista prático, jogadores e profissionais que pretendem exigir mais da máquina, o AMD vence com relativa facilidade o processador da Intel.

Recursos extras: Core i7 7700K

Presença de placa de vídeo agregada pode compensar desempenho inferior (Foto: Divulgação/Intel)Presença de placa de vídeo agregada pode compensar desempenho inferior (Foto: Divulgação/Intel)

Presença de placa de vídeo agregada pode compensar desempenho inferior (Foto: Divulgação/Intel)

Ao contrário do processador da AMD, o i7 da Intel carrega consigo uma GPU. Isso significa que, ao montar um computador com esse chip você pode se abster de comprar uma placa de vídeo, ou deixar esse investimento para mais tarde. Além disso, o i7 oferece suporte à tecnologia Optane, que pode acelerar o funcionamento de PCs que não contam com SSDs.

Do lado da AMD, comprar um Threadripper qualquer, e o 1900X não foge à regra, obriga o consumidor a ter uma placa de vídeo em mãos para poder usar o PC.

Consumo: Core i7 7700K

Se o consumo elétrico é uma preocupação para você, a escolha mais correta é o Intel. Segundo a fabricante, o 7700K chega a uma TDP de 91 watts, praticamente a metade dos elevados 180 watts do Threadripper.

Uma TDP alta aponta para um componente ineficiente e para a exigência de soluções de refrigeração mais capacitadas. Nesse sentido, é importante considerar que um PC com o processador da AMD pode se mostrar mais barulhento do que um com a CPU da Intel.

Custo-benefício e disponibilidade: Core i7 7700K

Alta dissipação de calor (TDP) do Threadripper indica consumo maior e chance de Alta dissipação de calor (TDP) do Threadripper indica consumo maior e chance de

Alta dissipação de calor (TDP) do Threadripper indica consumo maior e chance de "PC barulhento"; i7 7700K esquenta menos e pode dar espaço para máquina mais silencionsa (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)

O i7 está no mercado desde o ano passado e é relativamente fácil de encontrar no Brasil, na média custando R$ 1.300. O processador da AMD, por outro lado, ainda não chegou ao Brasil.

Mesmo assim, pode-se antecipar uma ideia do preço salgado que a unidade deverá ter por aqui. O Treadripper 1920X, por exemplo, é vendido a R$ 3.600.

Mesmo que ofereça perspectiva de desempenho superior, o processador da AMD pode acabar desembarcando num patamar de preços superior a R$ 2.000 (abaixo desse teto, o Threadripper acabaria canibalizando o mercado dos Ryzen R7).

Nesse cenário, a diferença de preço para o i7 é grande, e se o custo do processador, somado ao investimento numa placa de vídeo, a comparação fica ainda mais dura para a AMD. Tudo isso, claro, dependerá do preço da CPU no Brasil.

Conclusão

Dependendo do seu orçamento, o 1900X é uma ótima escolha: com performance otimizada para aplicações exigentes, o processador da AMD tem especificações técnicas melhores, suporta RAM mais rápida e seus oito núcleos devem contribuir para rodar jogos pesados de forma bem confortável.

Em um orçamento mais contido, o i7 7700K pode ser a melhor opção. Embora não tenha o mesmo fôlego do rival, o processador da Intel está posicionado numa faixa de preço atraente, já que ele possui uma placa de vídeo embutida e possibilita que o consumidor possa usar a CPU mesmo enquanto refaz o bolso para comprar uma placa de vídeo nova.

Como recuperar dados de um HD externo danificado? Veja no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.