Comprar um SSD, especialmente para aqueles que nunca investiram nesse tipo de tecnologia, pode ser uma tarefa complexa: existem diversos formatos físicos, várias interfaces e o suporte a essas tecnologias varia bastante de placa-mãe para placa-mãe, de notebook para notebook. Abaixo, você vai entender o que são e para que servem os tamanhos e chaves de conexão dos SSDs do tipo M.2, para comprar o modelo correto para as suas necessidades.
Novo SSD da Kingston promete ser 40 vezes mais rápido que HD
SSDs M.2 podem ter diferentes tamanhos
SSD 950 Pro da Samsung é do tipo 2280 e com chave M. Confuso? Abaixo você entende o que isso significa na prática (Foto: Divulgação/Samsung) A numeração que você lê nos modelos de diferentes fabricantes refere-se basicamente às dimensões físicas do SSD. Existem modelos de 30, 42, 60, 80 e 110 milímetros de comprimento (a largura é sempre de 22 mm). Por isso, você encontra no mercado versões como 2230 ou 2280 de um mesmo SSD. A razão para que existam cinco opções diferentes tem origem no fato de que as aplicações dos SSD em sistemas com menos espaço disponível; como notebooks, Chromebooks e ultrabooks, dependia da existência de unidades de 30 ou 20 milímetros.
Imagem compara SSDs 2280, 2260 e 2242 (Foto: Divulgação/Transcend) Além disso, com um comprimento maior, o SSD tem mais espaço físico disponível para que mais módulos sejam disponibilizados, aumentando o total de espaço do disco: você pode achar SSDs M.2 2280 de 1 TB, mas nunca encontrará um 2230 com esse total de espaço. Por isso que geralmente unidades 2280 são usadas como discos de sistema, enquanto que SS30 e SS42 tendem a serem usados como caches de alta velocidade.
O tamanho influencia no tipo de SSD? Em geral, o tamanho não influencia o funcionamento do disco. Mas, se seu computador só tem espaço para SSDs 2230 ou 2242, é possível que o suporte a esses SSDs seja definido pelo fabricante como caches ou como unidade para reiniciar o sistema. Nesse sentido, não só um disco SSD 2280 não caberia no seu computador como possivelmente sequer funcionaria para guardar dados. Por conta disso, é bem importante pesquisar as especificações do seu computador para ter uma ideia do que ele aceita em termos de SSDs.
Conectores, ou keys, B, M e B+M
Tabela compara os diferentes tipos de keys (ou "encaixes) para SSDs M.2. Note que o tipo B+M é o ideal porque pode ser instalado em placas B ou M (Foto: Divulgação/Kingston) Outro diferencial físico dos SSDs do formato M...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.